SEXUALIDADE

Mulheres atingem o orgasmo de diferentes formas, diz estudo

Promover a saúde sexual é integrar diferentes discursos sobre diferentes vivências da mesma. Como clientes, pacientes, cidadãos, a quem nos dizem que a ciência pode melhorar as nossas vidas, desejamos que a ciência possa responder às necessidades e aos direitos das pessoas. Por Liliana Ribeiro.
De acordo com um estudo realizado pela Universidade Wilkes, EUA, ter relações sexuais, pelo menos, duas vezes por semana ativa o lançamento de um anticorpo designado imoglobulina que ajuda a proteger o organismo contra infeções e doenças. Esta é uma lista de sintomas que podem ser amenizados com sexo.

De acordo com um estudo realizado pela Universidade Wilkes, EUA, ter relações sexuais, pelo menos, duas vezes por semana ativa o lançamento de um anticorpo designado imoglobulina que ajuda a proteger o organismo contra infeções e doenças. Esta é uma lista de sintomas que podem ser amenizados com sexo.
E quando ‘não saber receber’ influencia o sexo

Da angustiante questão: “Sou normal?” à repetida discussão do normal vs. patológico. Por João teixeira de Sousa.
Estudo global conclui que sexo e tecnologia fazem um par picante

Um estudo realizado a 140 mil pessoas de 198 países averiguou como é ser sexualmente ativo na era digital. E descobriu coisas tão interessantes como: os suecos são os que mais utilizam aplicações de telemóvel para ter encontros amorosos e os chineses estão a usar a tecnologia para aprenderem sobre sexualidade. E o sexting? Está a disseminar-se…
Ter relações sexuais no período noturno é fantástico, mas há algo de especialmente bom em fazer uma pausa (sensual) a meio da tarde de um dia de verão.

Ter relações sexuais no período noturno é fantástico, mas há algo de especialmente bom em fazer uma pausa (sensual) a meio da tarde de um dia de verão.
O melhor sexo do mundo é gourmet…

Espero não induzir o leitor em erro. Este não será mais um texto/mapa para o conduzir à satisfação sexual, ou para evitar o aborrecimento. Se o título a tal induz, será mais justo desenganá-lo já. E com toda a certeza encontrará rapidamente outras linhas cujo intento será facilitar-lhe o encontro amoroso ou oferecer-lhe algumas propostas para revolucionar a sua vida sexual. Por João Teixeira de Sousa.
Cientistas alegam ter criado um preservativo que aumenta o prazer sexual

Todos os relacionamentos têm uma primeira fase em que ambos não conseguem largar o corpo um do outro, mas isso não dura para sempre e há, inclusive, um momento em que a chama do desejo abranda.
Foto: freepik

No âmbito do Dia Mundial da Juventude, assinalado a 12 de agosto, a Sociedade Portuguesa da Contraceção alerta para a necessidade de informar os adolescentes sobre todas as soluções de contraceção. Pois o aconselhamento contracetivo na adolescência reduz em 6% o número de gravidezes não desejadas.
Jogos sexuais ajudam a redescobrir o prazer

Quando é necessário reacender a chama da paixão entre um casal, as brincadeiras sexuais são uma ótima ajuda, diz a psicóloga brasileira, Laura Meyer da Silva.
Falhas contracetivas aumentam nos meses de verão

Aumento da libido, mais tempo juntos e maior disponibilidade dos casais leva a um maior número de relações sexuais e, consequentemente, ao aumento de falhas ou esquecimentos na sua contraceção regular.