Home»FOTOS»Casacos pendurados para quem mais precisa na Avenida da Liberdade

Casacos pendurados para quem mais precisa na Avenida da Liberdade

Trata-se de uma iniciativa que torna esta rua da capital num bengaleiro gigante de solidariedade durante o dia 15 de dezembro. Quem quiser, pode lá deixar um agasalho para doar e quem quiser pode lá ir recolher algo que lhe aqueça o inverno. E este ano há um espaço especial para recolha de roupa para os mais pequenos.

Pinterest Google+

A Avenida da Liberdade, em Lisboa, volta a tornar-se num bengaleiro gigante com agasalhos pendurados para aquecer quem mais precisa, no dia 15 de dezembro, a partir das 14h00. A iniciativa do movimento Heat the Street volta este ano a organizar esta ação de solidariedade. Assim, todos são livres de pendurar um agasalho que já não utilizem para ser livremente recolhido por quem dele mais precisa. Veja imagens na galeria acima.

 

Em edições anteriores, foi-se ganhando a perceção de que não são apenas as pessoas em situação de sem-abrigo ou em risco de pobreza extrema e/ou carência social que se dirigem ao local para recolher roupa quente, mas também muitas pessoas e famílias que não tem possibilidades de alocar parte do seu orçamento mensal em bens como roupa, esclarece a organização.

 

VEJA TAMBÉM: VOLUNTARIADO DEPOIS DOS 40 ANOS COM BENEFÍCIOS COMPROVADOS

 

Assim, a primeira novidade é que este ano haverá um Heat the Street Júnior, integrado no formato habitual de “estendal solidário gigante”, para dar resposta aos apelos de várias famílias que procuravam peças de roupa quente para os filhos. Esta nova vertente do Heat the Street iniciou-se já em meados de novembro com a ação solidária nas lojas Zippy “Doar é receber” que, durante cerca de duas semanas, receberam centenas de casacos e outros agasalhos que serão colocados numa zona da corda destinada a esta faixa etária.

 

A corda, localizada junto ao Hard Rock, estará dividida em várias seções: Homem, Mulher, Criança e Acessórios (mantas, cachecóis, luvas e outros) e existirão muitos voluntários para ajudar a pendurar e fazer etiquetagem. Para facilitar a organização do evento e a recolha dos agasalhos, serão oferecidos dois a três sacos por pessoa, um presente da Associação Mutualista Montepio.

 

VEJA TAMBÉM: ADELAIDE, A PLATAFORMA QUE UNE O PRODUTOR AO CONSUMIDOR

 

Tudo o que não for recolhido terá também um destino. Quem não puder doar o seu agasalho nesse dia ou quem não tiver oportunidade de ir recolher bens ao local poderá na semana seguinte junto dos parceiros da iniciativa.

 

A organização apela a que as pessoas que se desloquem à Avenida da Liberdade para deixar agasalhos tragam molas e/ou cabides para os pendurar na corda gigante. Para obter mais informação visite  https://www.facebook.com/heatthestreet/

Artigo anterior

Dia Internacional do Chá: Descubra os inúmeros benefícios do chá de menta

Próximo artigo

Este é o artigo mais recente