Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Campanha quer ajudar doentes com bexiga hiperativa

Campanha quer ajudar doentes com bexiga hiperativa

“Na Bexiga Mando Eu” é uma campanha que pretende alertar para o impacto da bexiga hiperati-va, que se estima que afete quase dois milhões de portugueses com mais de 40 anos de idade.

Pinterest Google+

Através da plataforma online www.nabexigamandoeu.pt,  doentes, familiares e pessoas afetadas direta ou indiretamente pela bexiga hiperativa e pela incontinência urinária podem ter acesso a informação, recomendações alimentares, exercícios para ajudar a controlar as condições e ainda sugestões para lidar com alguns desafios do dia a dia destes doentes, como ir às compras ou viajar.

 

No portal, estão disponíveis vídeos com o testemunho na primeira pessoa de profissionais de saúde que lidam com esta patologia e que respondem a questões comumente colocadas pelos doentes. É ainda possível fazer uma autoavaliação da doença e descarregar um diário miccional, ferramenta útil para o doente monitorizar e analisar a evolução da patologia, que se estima afetar cerca de 1.700.000 portugueses.

 

Leia ainda: «A incontinência urinária é uma epidemia escondida»

 

Luís Abranches Monteiro, presidente da Associação Portuguesa de Neurourologia e Uroginecologia (APNUG), considera que «esta campanha vem colmatar a falta de informação que existe sobre a bexiga hiperativa e a incontinência urinária e o impacto que têm na qualidade de vida dos doentes. É essencial alertar a população para os sintomas com o intuito de reduzir o subdiagnóstico das doenças e ajudar os doentes a terem melhor qualidade de vida, mostrando que devem controlar a bexiga, antes que a bexiga controle a vida dos doentes».

 

A bexiga hiperativa consiste numa contração ou aperto involuntário e repentino do músculo da parede da bexiga, mesmo quando esta contém um volume reduzido de urina.

 

Veja a galeria: Dicionário da saúde feminina

 

As contrações involuntárias criam uma necessidade urgente de urinar, diminuindo o controlo que a pessoa tem sobre a sua bexiga.

 

Estas contrações dão origem a sintomas associados à bexiga hiperativa, tais como necessidade urgente de urinar, necessidade frequente de ir à casa de banho (oito ou mais vezes por dia, ou uma ou mais vezes por noite) e, em alguns casos, perdas acidentais de urina, por não se conseguir chegar a tempo à casa de banho.

 

Artigo anterior

Sara Sampaio vende produtos a favor do bem-estar animal

Próximo artigo

Ser 'instagramer' tem benefícios sociais