Home»GLAMOUR»MODA»Campanha de calçado português avança com ofensiva promocional

Campanha de calçado português avança com ofensiva promocional

Já a partir de janeiro, 70 empresas nacionais integram 12 ações especializadas, começando pela importante Expo Riva. Desde o lançamento da ‘Campanha Portuguese Shoes’, as exportações portuguesas de calçado já aumentaram mais de 55%.

Pinterest Google+
PUB

A  Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes, Artigos de Pele e seus Sucedâneos (APICCAPS) tem prevista a maior ofensiva promocional do setor nos mercados externos. Ao longo do ano 2017, 22 empresas de calçado estarão presentes em mais de 60 ações promocionais espalhadas pelos cinco continentes.

O ano passado, 2016, representou o sétimo ano consecutivo de crescimento de venda de calçado português no exterior. O crescimento contínuo do calçado português nos últimos anos é o resultado de uma estratégia de internacionalização de longa duração. Se 2016 foi o ano que iniciou a aposta no mercado japonês, 2017 será simultaneamente um ano de consolidação estratégica (em mercados como a Colômbia, Chile e Perú ao fim de 3 anos) e de preparação para a entrada em novos mercados (EUA em 2018).

 

Veja também: 5 passos para fazer um detox ao armário

Com uma presença cada vez mais centrada em espaços extracomunitários, todas as ações de comunicação e imagem terão como tema suporte a campanha ICONIC, protagonizada por Victoria Guerra, um dos rostos mais internacionais da nova geração de atores portugueses. A atriz dá corpo a seis personagens icónicas que cruzam referências estéticas, culturais e históricas do cinema, música e espetáculo.

Desde o lançamento da ‘Campanha Portuguese Shoes’, as exportações portuguesas de calçado já aumentaram mais de 55%, ascendendo agora a 1.900 milhões de euros nacionais. Portugal exporta anualmente 98% da sua produção, o equivalente a 70 milhões de pares, para 152 países, nos cinco continentes.

Artigo anterior

Fãs decidem como vai ser o próximo Monopoly

Próximo artigo

A forma como se respira afeta as emoções e a memória