Home»S-Vida»Bunkers são agora esconderijos confortáveis e luxuosos

Bunkers são agora esconderijos confortáveis e luxuosos

Longe vai o tempo em que os abrigos subterrâneos eram sombrios e desconfortáveis. Agora, com o mundo a viver momentos de grande instabilidade, a procura por bunkers voltou a crescer, mas com exigências mais sofisticadas. Falámos com duas empresas que constroem bunkers um pouco por todo o mundo.

Pinterest Google+
PUB

Fala-se num bunker e o pensamento remete de imediato para um cenário de guerra e para uma sala subterrânea com colchões e produtos enlatados. Mas já não é bem assim. Atualmente, várias empresas estão a apostar neste tipo de infraestruturas que protegem de qualquer risco exterior, seja da queda de um asteroide ou da hipotética ‘Terceira Guerra Mundial’. Mas agora estão a conjugar estas iniciativas com ofertas que vão desde o básico ao bastante luxuoso.

 

Antigamente, os bunkers tinham tendência a serem desconfortáveis, cinzentos, de cimento e metal e o ambiente era pesado e sombrio. Nos dias de hoje, várias elites de todo o mundo têm optado por projetar os seus próprios abrigos secretos para abrigar as suas famílias e funcionários em caso de necessidade. «O mercado dos abrigos explodiu com milhares de pedidos em todo o mundo. As pessoas estão a pressentir a aproximação do inferno, seja com a instabilidade na Coreia do Norte ou no Médio Oriente, ou proveniente da Terceira Guerra Mundial ou de um colapso económico», começa por explicar Barbi Grossman, porta-voz da ‘Vivos xPoint’, uma empresa norte-americana de bunkers.

 

VEJA TAMBÉM: COMER NU: UMA NOVA TENDÊNCIA?

 

Segundo declarações de Grossman à MOOD, «estamos a viver numa época perigosa» que torna necessária «uma solução que garanta a vida». E um bunker é isso mesmo, uma garantia de sobrevivência. A empresa em questão tem uma variedade de opções de bunkers,  incluindo complexos comunitários para grupos de 80 a 1.000 pessoas que garantem a sobrevivência perante praticamente todas as catástrofes previstas. Há também bunkers privados para 4 a 8 pessoas. «Todos os bunkers fornecem armazenamento e comida para permanecer no subsolo por um período mínimo de um ano, se necessário», informa Barbi Grossman.

 

Segundo dados veoculados pela ‘CNN’, as vendas de 2016, em relação a 2015, de bunkers ou abrigos subterrâneos sofisticados cresceu 700%, enquanto que as vendas globais cresceram 300% desde a eleição de Donald Trump, presidente dos Estados Unidos da América.

 

VEJA TAMBÉM: UM NOVO ‘NINHO’ DE LUXO ESTÁ A NASCER EM LISBOA

Um desses abrigos, o ‘Vivos xPoint’, nos EUA, consiste em 575 bunkers militares que serviram como depósito de munições do exército até 1967. Atualmente, está a ser convertido numa área que visa acomodar aproximadamente 5.000 comunidades. Cada bunker será equipado pelos proprietários a um custo entre os 23 mil euros e os 188 mil euro cada. O próprio complexo será equipado com todos os confortos de uma pequena cidade, incluindo um teatro comunitário, salas de aula, jardins hidropónicos, uma clínica médica, um spa e um ginásio.
Os bunkers de aço que são projetados para durar várias gerações. As estruturas fortificadas são projetadas para suportar um ataque nuclear e vêm equipadas com sistemas de energia, sistemas de purificação de água, válvulas de explosão e filtragem de ar nuclear-biológico-químico.

 

A MOOD falou com uma outra empresa dentro do mercado de bunkers – a Rising S. Company. O aumento da adesão recente, mais uma vez, é justificado «pela instabilidade civil provocada pelo colapso económico ou pela guerra», esclarece Gary Lynch, porta-voz da empresa.

 

VEJA TAMBÉM: CONFLITOS QUOTIDIANOS DOS PAIS PODEM CAUSAR DANOS DURADOUROS ÀS CRIANÇAS

 

Na Rising S. Company, os preços variam entre os 41 mil euros e os 12 milhões de euros. «Os nossos bunkers têm para oferecer tudo o que a sua casa oferece com o acréscimo de uma segurança reforçada e eficaz num cenário de guerra ou qualquer agitação», informa Lynch.

 

Por cá, a ‘moda’ ainda não pegou. De qualquer forma, veja na galeria, no início deste artigo, imagens de bunkers fornecidas pelas empresas contactadas pela MOOD.

Artigo anterior

A melhor hora para treinar

Próximo artigo

Para visitar: marcos mundiais históricos e imperdíveis