Home»FOTOS»Bugatti dos mares: quando o luxo automóvel chega aos iates

Bugatti dos mares: quando o luxo automóvel chega aos iates

O deck do iate possui um jacuzzi, uma churrasqueira e um bar de champanhe, e apenas serão feitos 66 no total. Quando a exclusividade automóvel chega aos mares, surge o Niniette 66. Veja as imagens.

Pinterest Google+
PUB

A Bugatti, a conhecida companhia de carros de luxo, decide dar o próximo passo e projetou um iate desportivo, em colaboração com o fabricante de iates Palmer Johnson. Os primeiros dos apenas 66 exemplares serão entregues aos clientes em março de 2018.

 

Ao longo 20 metros de comprimento, num design impecável com linhas curvas elegantes e um perfil em forma de C, estende-se o Bugatti Niniette 66, nome escolhido para batizar o primeiro de uma nova série de iates, que se faz inspirar no modelo automóvel Chiron, lançado no ano passado.

 

Veja também: A casa mais cara (e fantástica, dizem) de sempre dos EUA está à venda

 
A pureza do design e as proporções do Niniette criam uma impressão de beleza futurista. «O desafio era criar uma experiência e uma personalidade, tanto como um iate, de luxo aerodinâmico, de estilo sofisticado e qualidade sem precedentes. Para os proprietários de amanhã, o Niniette elevará ainda mais as suas expetativas», explica Timur Mohamed, CEO da Palmer Johnson, em comunicado.

 

O iate apresenta imensa estabilidade e amortecimento mesmo em altas velocidades, refere a empresa, assim como está dotado de uma estrutura rígida devido ao uso extensivo de fibra de carbono, que ao mesmo tempo reduz o peso e aumenta a eficiência.

 

Veja também: Este é o hotel mais seguido no Instagram…

 

O Bugatti Niniette 66 atinge uma velocidade de 81,5Km/h com conforto e eficiência graças ao avançado casco estabilizado. O deck do iate possui um jacuzzi, uma churrasqueira e um bar de champanhe para os hóspedes relaxarem e desfrutarem. «Mesmo à distância, ao entrar num porto, o Niniette será sempre reconhecido como um verdadeiro Bugatti», expressa Etienne Salomé, diretor de design da Bugatti.

 

«Este iate foi criado para pessoas em busca de uma experiência única. Pessoalmente, eu sempre sonhei em projetar este tipo de iate. Para um público que aprecia qualidade e luxo, além de um rótulo ou da moda contemporânea», refere Salomé. Embora o preço do modelo de edição limitada ainda seja uma incógnita, a empresa indicou em 2015 que os modelos mais pequenos começariam nos 1,4 milhões de euros.

 

Artigo anterior

Sharon Stone dá a cara em campanha de lentes progressivas

Próximo artigo

Portugueses continuam a comer cada vez menos fora de casa