Home»BEM-ESTAR»CORPO»Bicicleta, elíptica ou remo: qual o melhor aparelho?

Bicicleta, elíptica ou remo: qual o melhor aparelho?

Muitos de nós procuramos construir ginásios em casa para maximizarmos a nossa capacidade de treinar regularmente. Então surge uma questão comum: qual máquina me dará o melhor retorno a nível de treino?

Pinterest Google+
PUB

Bicicletas estáticas, máquinas elípticas e máquinas de remo são todas ferramentas de treino cardiovascular populares que podem fazer ótimas adições ao seu ginásio em casa. Mas se não tem espaço ou dinheiro para as três, qual será a melhor opção?

 

Bicicletas estáticas

As bicicletas de exercício trabalham a parte inferior do corpo, especificamente os glúteos, ancas, joelhos, gémeos e tornozelos. Também oferecem a oportunidade de fazer exercícios cardiovasculares sem o fator peso. Pode queimar até 600 calorias por hora (dependendo do peso e da intensidade) quando se treina numa bicicleta estática. Há uma razão para que as aulas de Cycle e programas de bicicletas estática em casa sejam tão populares, especialmente entre aqueles que tentam perder ou manter o peso. Também pode ser uma ótima opção para treinos mais suaves, para aqueles que iniciam uma nova rotina de treino ou que procuram voltar à melhor forma e reabilitação após a cirurgia.

 

Remo

As máquinas de remo também são uma forma de fazer exercícios sem o fator peso. Mas em vez de isolarem o corpo inferior oferecem um treino de corpo inteiro superior que pode queimar bem mais de 600 calorias por hora, dependendo do peso e da intensidade do treino. Embora uma máquina de remo possa stressar a parte inferior das costas, se a sua execução não for a mais correta, é geralmente considerada uma maneira muito segura de queimar muitas calorias rapidamente, sem impacto nas articulações.

 

Elípticas

As máquinas elípticas são o único aparelho desta lista que têm o fator peso, o que significa que está de pé enquanto é utilizado. Isto requer que tenha a coordenação e a capacidade de se levantar e mover-se no dispositivo sem cair. Também requer que tenha flexibilidade suficiente nas ancas, joelhos e tornozelos para gerir o movimento e o peso do seu corpo. Mas as máquinas elípticas são populares em ginásios por uma boa razão – podem queimar mais de 600 a 1.000 calorias por hora, dependendo do seu peso e intensidade de esforço. As elípticas podem isolar o corpo inferior ou podem adicionar trabalho à parte superior do corpo com as pegas do braço. Oferecem um bom exercício cardiovascular de corpo inteiro.

 

Escolher a máquina certa

Escolher a opção certa depende das suas necessidades e situação específica. Estas quatro considerações podem ajudar a fazer a melhor seleção:

 

Objetivos de fitness

Primeiro, temos de considerar o que pretendemos fazer com a máquina que estamos a considerar adquirir. Quer melhorar a aptidão cardiovascular? Construir força? Treinar para um evento?  Perder peso? Reabilitação de uma lesão? Estas máquinas podem ajudar a alcançar estes objetivos, mas uma máquina pode ser mais adequada a um determinado objetivo do que a outra. Por exemplo, se estivermos a reabilitar uma lesão no joelho ou tornozelo ou voltar a estar em forma depois de uma pausa provocada pela mesma, podemos utilizar uma bicicleta estática em vez de uma máquina elíptica. Estar sentado na bicicleta colocará menos pressão sobre o membro inferior lesionado do que em pé sobre uma máquina elíptica.

 

Se procuramos um treino de corpo inteiro, uma máquina de remo ou uma máquina elíptica pode oferecer uma ativação mais forte do que uma bicicleta, que fornece um ótimo treino de corpo inferior, mas não faz tanto pela parte superior do corpo. O remo obriga-nos a aprender a ser eficientes com movimentos corporais totais à medida que o corpo está a ficar cansado. Isto significa que remar é uma ótima maneira de obter um treino eficiente e de corpo inteiro.

 

Risco e prevenção de lesões

Também precisa de considerar como estas diferentes máquinas podem stressar o seu corpo e potencialmente causar lesões se acelerar muito rápido ou não usar a forma adequada. Esta é uma diferença fundamental entre máquinas de exercício como bicicletas estáticas e elípticas e corrida, por exemplo. Correr é uma forma comum para as pessoas que não querem ir a um ginásio para fazer exercício, tendo a desvantagem do impacto nas articulações.

 

Estar atento a potenciais lesões faz parte da equação ao descobrir qual é o melhor exercício para o corpo, especialmente sabendo onde as áreas problemáticas podem estar. Por exemplo, o remo é bom para pessoas que têm um historial de problemas no tornozelo e no joelho, mas pode não ser para pessoas que têm um historial de problemas nas costas porque é preciso dobrar a anca e voltar a executar o movimento corretamente, e isso pode exacerbar um problema existente.

 

Da mesma forma, explica que uma bicicleta de exercício é de baixo impacto e é uma boa alternativa para substituir a corrida. Devido ao design da bicicleta de exercício, é ótimo para populações mais velhas ou indivíduos que se recuperam de lesões do corpo inferior e que têm dificuldade de equilíbrio. A elíptica, por outro lado, requer uma boa coordenação, já que estaremos de pé enquanto a usamos. Para isso, é preciso ter estabilidade corporal suficiente.

 

As lesões por uso excessivo podem ser comuns com estas máquinas, especialmente à medida que aumenta a frequência e o volume de exercício muito rapidamente no início do seu programa de treino. Dê ao seu corpo tempo para se adaptar a qualquer nova rotina de treino. Para ajudar a aliviar esta questão potencial, é importante garantir que você tem ajustes adequados de assento e guiador para permitir que o seu corpo tenha um posicionamento adequado em toda a gama de movimentos.

 

Com a máquina de bicicleta e remo, é mais provável desenvolver uma condição chamada síndrome de atrito de banda Iliotibial, que ocorre quando a mesma é sobre usada. A banda iliotibial é um tecido fibroso espesso que se situa ao longo da anca lateral (externa) até à perna inferior. Quando esta síndrome se desenvolve, geralmente causa dor na parte externa do joelho. Independentemente da máquina que escolheu usar, para evitar lesões excessivas, é importante tirar dias de descanso todas as semanas da máquina de exercícios.

 

Espaço

Dependendo do espaço que tem em sua casa para dedicar à construção do seu ginásio, isso pode influenciar muito qual peça ou peças de equipamento – e qual marca específica – acaba por escolher. Há uma série de opções, com alguns fabricantes com o objetivo de fornecer máquinas menores projetadas para apartamentos e outros espaços pequenos. Faça alguma pesquisa para descobrir o que está disponível e o que pode funcionar melhor. Se o espaço é um problema, mas procura aumentar o seu ritmo cardíaco para aumentar a saúde cardiovascular, o remo pode ser uma boa aposta. O remo também pode ser desmontado em duas peças separadas se for necessário mais espaço.

 

Preferência

Para determinar qual o equipamento que melhor irá atender às suas necessidades e objetivos específicos, consulte um profissional de fitness que possa realizar uma consulta e obter orientação personalizada. Deve experimentar as três opções e ver qual delas parece mais divertida e envolvente. Qual é que te consegues ver a usar várias vezes por semana? Qual é divertido, fácil de usar de forma consistente e acessível? Todos estes fatores podem ajudar a encontrar o equipamento de exercício certo para si, porque, em última análise, o melhor treino é aquele que se pode manter a longo prazo.

 

BONS TREINOS E BOAS COMPRAS!!!

Artigo anterior

Estratégias nutricionais para aliviar a ansiedade

Próximo artigo

Brigadeiro Gourmet LX chega a Portugal pela mão de Roberta Medina