Home»FOTOS»Bexiga hiperativa: conselhos médicos para se libertar do problema

Bexiga hiperativa: conselhos médicos para se libertar do problema

Sente necessidade de ir à casa de banho mais de oito vezes por dia? Acorda várias vezes durante a noite para urinar? Pode sofrer de bexiga hiperativa.

Pinterest Google+
PUB

Viver com bexiga hiperativa é um desafio, uma vez que os sintomas podem levar ao isolamento. Porém, existem soluções e dicas para contornar o problema.

 

A bexiga hiperativa consiste numa contração ou aperto involuntário e repentino do músculo da parede da bexiga, mesmo quando esta contém um volume reduzido de urina. As contrações involuntárias criam uma necessidade urgente de urinar, diminuindo o controlo que a pessoa tem sobre a sua bexiga.

 

Estas contrações dão origem a sintomas associados à bexiga hiperativa, tais como necessidade urgente de urinar, necessidade frequente de ir à casa de banho (oito ou mais vezes por dia, ou uma ou mais vezes por noite) e, em alguns casos, perdas acidentais de urina, por não se conseguir chegar a tempo à casa de banho.

 

VEJA TAMBÉM: BEXIGA HIPERATIVA AFETA 1.7 MILHÕES DE PORTUGUESES ACIMA DOS 40 ANOS

 

Viver com bexiga hiperativa é um desafio, uma vez que os sintomas podem levar ao isolamento. Porém, os profissionais de saúde podem ajudá-lo no diagnóstico e tratamento deste problema – sim, há tratamentos! Outras pessoas que sofrem deste problema e até os seus amigos e familiares também podem ajudá-lo a controlar os sintomas desta patologia.

 

A bexiga hiperativa pode ter um impacto ainda maior na vida social das pessoas que sofrem desta patologia, uma vez que as roupas são finas e claras, não ajudando a esconder uma possível perda de urina, e os eventos sociais são muitos e muitas vezes não têm uma casa de banho por perto.

 

Passeios prolongados, concertos no jardim ou caminhadas à beira mar podem ser imediatamente riscados da lista de planos. «Quem sofre de bexiga hiperativa dificilmente consegue esperar para urinar, já que tem urgência em esvaziar a bexiga e, quando não consegue encontrar uma casa de banho, pode mesmo ter perdas de urina. Isto pode fazer com que as pessoas se isolem», destaca Paulo Temido, presidente da Associação Portuguesa de Neurourologia e Uroginecologia (APNUG).

 

Felizmente é possível tomar certas precauções para controlar os sintomas de bexiga hiperativa. O projeto Na Bexiga Mando Eu partilha conselhos para ter uma bexiga mais saudável – destaca 10 dicas práticas para não deixar que a bexiga o impeça de aproveitar este verão. Veja na galeria acima.

 

VEJA TAMBÉM:

INCONTINÊNCIA URINÁRIA E BEXIGA HIPERATIVA

BERCINA CANDOSO: «A INCONTINÊNCIA URINÁRIA CONTINUA A SER UMA EPIDEMIA ESCONDIDA»

RICARDO PEREIRA E SILVA: «OS TRATAMENTOS PARA A INCONTINÊNCIA URINÁRIA APRESENTAM UMA EXCELENTE EFICÁCIA»

 

Artigo anterior

Procura emprego depois dos 50 anos? Veja como fazer da experiência um ativo valioso

Próximo artigo

Cogumelos: vários benefícios e muitas variedades