Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Beja volta a ser a romana Pax Julia

Beja volta a ser a romana Pax Julia

De 17 a 20 de maio, a cidade alentejana regressa aos tempos do domínio romano. Música, animação, cortejos, mercado revivalista, acepipes, museu ao vivo e vários espetáculos estão entre as atrações deste regresso ao passado.

Pinterest Google+

A grandeza e imponência de Pax Julia revive-se, de 17 a 20 de maio, no centro histórico da cidade de Beja. Música, animação, cortejos, mercado, acepipes, museu ao vivo, espetáculos de fogo, visitas pedagógicas e outras experiências são algumas das propostas para a 5ª edição do Festival Beja Romana.

 

Sob o tema da Fundação de Pax Julia, a organização lançou o desafio para um maior envolvimento das escolas do concelho, de forma a integrar atividades mais significativas para a comunidade escolar.  Exemplo disso são as inúmeras oficinas que vão decorrer durante estes 3 dias.

 

VEJA TAMBÉM: JÁ PODE VISITAR O CASTELO DE PALMELA GRATUITAMENTE

 

Escrita romana, destilaria de perfumes, cerâmica, mosaicos romanos, tecelagem, marcenaria, ferraria, jogos de mesa do período romano, dança, peddy paper, treino de armas e jogos de destreza são algumas das propostas dirigidas aos mais novos.

 

Pela importância dos conteúdos que promove, pela dinâmica que desenvolve no âmbito educativo e pela experiência de excelência que proporciona aos seus participantes o Festival Beja Romana é um evento de e para a comunidade escolar que se abre à população.

 

VEJA TAMBÉM: BEJA, DA FREIRA APAIXONADA AOS BAILES DA ALTA SOCIEDADE

 

Destaque para o cortejo de abertura, o Forum virtual que permite a visualização do fórum romano de Pax Julia,  a recriação da casa romana (DOMUS) na igreja da Misericórdia, a prova comentada de vinho da talha (método de produção do período romano), a noite dos museus (de 17 a 19) que convida a visitas guiadas fora de horas, visitas gratuitas à villa romana de Pisões, e as diversas exposições que decorrem em permanência em vários espaços.

 

A Praça da República, local onde se situava o forum e onde estão identificados dois templos romanos, um dos quais, o maior e mais monumental descoberto até hoje em território português, é o epicentro desta recriação.

 

 

Artigo anterior

Qual o biquíni certo para o seu tipo de corpo?

Próximo artigo

Apetece-lhe? Pense duas vezes antes de beber um refrigerante