Home»AMOR»RELAÇÕES»Beijo à francesa afinal nasceu na Índia

Beijo à francesa afinal nasceu na Índia

A origem do beijo gera muita controvérsia, mas um professor de antropologia da Universidade do Texas remete a sua prática para os tempos da antiga Índia. No Dia Internacional do Beijo, saiba as origens do beijo mais afamado de sempre.

Pinterest Google+

O conhecido beijo ‘a francesa’ em que as duas línguas do casal se tocam afinal teve origem na Índia. Quem o afirma é um professor de antropologia da Universidade do Texas (EUA), Vaughn Bryant, numa publicação divulgada pela universidade.

 

O professor remete para textos antigos da antiga Índia, entre os quais o famoso livro Kama Sutra, onde são referidos vários tipos de beijo, sugerindo que este também era praticado nesse tempo.

 

VEJA TAMBÉM: O BEIJO À VOLTA DO MUNDO

 

«A razão pela qual o francês obteve o crédito foi devido ao grande número de homens que viajaram para França no final do século XIX e início do século XX. As mulheres francesas eram quentes e não se coibiam e beijar os americanos ricos que visitavam Paris», explica. Esta era uma grande diferença em relação às suas mulheres. «Os homens quando voltavam diziam uns aos outros para experimentarem o ‘beijo francês’».

 

A origem do beijo em si é amplamente debatida. Alguns dizem que o beijo começou há milhões de anos como resultado da alimentação boca-a-boca entre animais e as suas crias ou como um sinal de submissão e dominação entre macacos. Mas Bryant diz que a origem mais provável tem a ver com o cheiro. O antropologista diz que os primeiros seres humanos podem ter-se reconhecido uns aos outros pelo cheiro, desenvolvendo uma prática ainda praticada em algumas culturas, em que as pessoas se cheiram como forma de saudação.

 

VEJA TAMBÉM: UM BEIJO VALE MAIS DO QUE MIL PALAVRAS

 

Bryant diz que as primeiras e melhores referências de beijos vêm da Índia, onde ‘beijo’ e ‘cheirar’ foram referidos pela mesma palavra. Numerosos textos indianos, incluindo o Kama Sutra, referem-se a vários tipos diferentes de beijos, de modo que Bryant diz que beijar como sabemos hoje provavelmente teve origem na Índia antiga.

Artigo anterior

O beijo à volta do mundo

Próximo artigo

Dia Internacional do Beijo: conhece o poder de beijar?