Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Batalha do Vimeiro: vitória contra os franceses assinalada neste fim de semana com evento digital

Batalha do Vimeiro: vitória contra os franceses assinalada neste fim de semana com evento digital

Vimeiro celebra anualmente a vitória da histórica Batalha de 1808 que ditou o final da primeira invasão francesa e que permitiu assegurar a independência de Portugal. Este ano ficam de fora as demonstrações de ofícios e produtos da época, mas a data não é esquecida no maior palco de 2020, o digital.

Pinterest Google+

Nos dias 17, 18 e 19 de julho, o Município da Lourinhã, a Junta de Freguesia do Vimeiro e a Associação para a Memória da Batalha do Vimeiro reúnem-se para simbolicamente assinalar as datas em que, em anos anteriores, se realiza presencialmente no Vimeiro-Lourinhã, o evento: “Recriação Histórica da Batalha do Vimeiro & Mercado Oitocentista”, um evento que, neste ano de 2020, está nomeado para o concurso das 7 Maravilhas da Cultural Popular Portuguesa (podendo votar-se através do contacto: 760 207 832).

 

Através das páginas de Facebook e de Instagram batalhadovimeiro1808, irá ser disponibilizado um conjunto de pequenos vídeos alusivos à batalha: pequenos sketches de animação e teatro de rua, momentos musicais, workshops e vídeos sobre a temática militar com recriadores fardados à época. Estes serão alguns dos momentos que o público poderá visualizar através destas redes sociais. Para além disso, irá decorrer um jogo sobre a Batalha do Vimeiro, ao longo dos três dias, com o grande sorteio agendado para o final da tarde de domingo, dia 19 de julho.

 

VEJA TAMBÉM: LISBOA COM NOITES DE FADO A PREÇOS ACESSÍVEIS

 

No decurso do evento, será apresentado oficialmente o Tour Virtual do Centro de Interpretação da Batalha do Vimeiro. Este equipamento cultural e turístico do Município da Lourinhã foi totalmente renovado de modo a cumprir os mais elevados padrões de acessibilidade e inclusão. Apresenta ao público uma exposição com três salas de visitação permanente e com um auditório onde é disponibilizado um pequeno documentário sobre a batalha, legendado e com integração de LGP. Audioguias com conteúdos em audiodescrição em quatro idiomas, mapas, plantas, folhas de sala com integração de Braille, relevos, LGP e sinais internacionais são exemplos de recursos que poderá encontrar neste espaço.

 

Este novo tour permite aos visitantes entrarem virtualmente através dos seus computadores e dispositivos móveis dentro do espaço e tomarem contacto com este património histórico-cultural tão importante para a história e identidade de todos nós.

 

«O Município da Lourinhã não poderia deixar de assinalar um momento tão marcante para a história da nossa região. Decidimos adaptamo-nos ao momento que vivemos e assinalar esta comemoração num formato diferente, chegando ao público através de plataformas virtuais e redes sociais, dando sempre relevo ao património que tanto valorizamos», refere João Serra, Vereador do Município da Lourinhã. O programa do evento digital será divulgado atempadamente através do website https://batalhadovimeiro1808.pt/.

 

VEJA TAMBÉM: ALDEIAS HISTÓRICAS DE PORTUGAL EM FESTA COM GARANTIA DE SUSTENTABILIDADE

 

Sobre a Batalha de Vimeiro:

A Batalha de Vimeiro foi travada no dia 21 de agosto de 1808 entre o Exército Francês, comandado por Junot, e o Exército Anglo-Luso, sob o comando de Sir Arthur Wellesley. As tropas anglo-lusas mantiveram uma posição defensiva no Vimeiro, aproveitando a geografia do terreno. Os franceses, reunidos em Torres Vedras, decidiram tomar a ofensiva, chegando à Carrasqueira na manhã de 21 de agosto. A partir desse ponto, Junot deu ordem de marcha para a batalha.

 

Os confrontos mais importantes e decisivos aconteceram no outeiro do Vimeiro. Após dois ataques fracassados e percebendo a impossibilidade de tomar o outeiro, Junot enviou tropas para tomar a localidade. Na zona da Igreja, travou-se uma sangrenta peleja que acabou com a retirada dos franceses, perseguidos pela cavalaria anglo-lusa.

 

Sem conhecimento da situação do flanco esquerdo, duas brigadas francesas confrontaram os britânicos nos altos da Ventosa. Uma vez mais, os franceses viram-se forçados a recuar. Foi uma vitória inegável do Exército Anglo-Luso sobre as forças da França Imperial, pondo termo à Primeira Invasão Francesa. Junot perdeu cerca de dois mil homens, entre mortos, feridos e prisioneiros e o exército anglo-luso cerca de 700.

 

Artigo anterior

Libertamos o carma ou aprendemos a viver com ele?

Próximo artigo

Conhece a psicologia dos emojis?