Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Barómetro de Segurança: 18% dos portugueses alvos de furto ou roubo fora de casa no último ano

Barómetro de Segurança: 18% dos portugueses alvos de furto ou roubo fora de casa no último ano

Novo relatório da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima, ‘Perceção da População sobre Cibercriminalidade e Segurança’, mostra também que os furtos ou roubos fora de casa acontecem maioritariamente num veículo automóvel particular ou nos transportes públicos.

Pinterest Google+
PUB

A Associação Portuguesa de Apoio à Vítima acaba de apresentar o Barómetro APAV/INTERCAMPUS sobre a ‘Perceção da População sobre Cibercriminalidade e Segurança’, dando conta de que 18% dos inquiridos teve alguma experiência pessoal nos últimos 12 meses. Destes, 45% das situações de furto ou roubo fora de casa aconteceram em veículo automóvel particular e outros 45% em transporte público. Nestes casos, em 30% ocorreram com recurso a violência ou ameaça.

 

Passando para furtos ou roubos em casa, 17% dos inquiridos revela que teve alguma experiência pessoal nos últimos 12 meses. Nestes casos, 42% das situações implicaram a destruição de uma porta, janela ou similar.

 

No que toca a burlas, o novo barómetro conclui que 34% dos portugueses já experienciou alguma situação de burla no último ano. Entre 12% e 18% das pessoas inquiridas foram alvo de burlas online, como phishing, através de SMS, smishing, para pagamento urgente de alegada dívida ou em plataformas de compras online. A maioria, apesar de ter sido abordada, não acedeu à solicitação, revela a APAV.

 

Contudo, menos de metade dos inquiridos formalizou denúncia ou queixa junto de uma entidade policial (PSP, GNR, PJ, SEF) ou do Ministério Público, revela o barómetro.

 

O estudo teve como principais objetivos aferir a perceção sobre criminalidade e sentimento de segurança, bem como a experiência pessoal em diversas situações de criminalidade. A recolha de dados foi realizada com base num questionário elaborado pela APAV e a informação foi recolhida através de entrevistas online, junto de um painel de 590 internautas, no período entre 2 e 20 de novembro de 2020.

 

 

 

Artigo anterior

11, 22, 33... já lhe aconteceu deparar-se com estes números repetidamente?

Próximo artigo

Novo projeto ambiental da União Europeia vai premiar soluções sustentáveis e inclusivas