Home»FOTOS»Algumas dicas para baixar o colesterol através da alimentação

Algumas dicas para baixar o colesterol através da alimentação

O colesterol é algo que alarma sempre as pessoas, mas existem dois tipos de colesterol, o 'bom" e o 'mau'. Mas se quiser baixar os seus níveis de colesterol deve preferir alguns alimentos a outros. A plataforma de nutricionistas, Authorithy Nutrition, deixa algumas recomendações

Pinterest Google+
PUB

Coma alimentos ricos em fibras solúveis

A fibra solúvel pode ser encontrada nos feijões, legumes, cereais integrais, linhaça, maçãs e citrinos. À medida que a fibra solúvel ‘viaja’ pelo trato digestivo, esta acaba por o absorver a bílis, que é feita de colesterol. Com isto acontece uma descida dos níveis de colesterol na corrente sanguínea.

 

Coma muita fruta e legumes

Quanta mais fruta e legumes comer, maior é a descida do colesterol LDL. Quem come quatro porções de frutas e verduras por dia têm cerca de 6% a menos de colesterol LDL. Para além disto, as frutas e os legumes têm antioxidantes que impedem o colesterol de oxidar e formar placas nas artérias.

 

VEJA TAMBÉM: COLESTEROL, O VILÃO?

 

Cozinhe com ervas e especiarias

Se utilizar ervas e especiarias nos seus cozinhados vai ter acesso a vitaminas, minerais e antioxidantes. Estudos demonstram que o alho, açafrão e gengibre são eficazes na redução do colesterol quando consumidos regularmente. No caso do alho, se comer um dente por dia durante três meses vai assistir a uma redução do colesterol total em 9%.

 

Coma gorduras insaturadas

Nos alimentos poderá encontrar gorduras saturadas e insaturadas. Este tipo de gorduras tem uma ligação dupla e uma forma curvada, o que não permite com tanta facilidade a formação de plaquetas. Pesquisas mostram que a substituição da maioria de suas gorduras saturadas por gorduras insaturadas pode reduzir o colesterol total em 9% e o colesterol LDL ‘mau’ em 11% em apenas oito semanas.

 

Evite gorduras trans saturadas artificiais

Embora as gorduras trans ocorram naturalmente na carne vermelha e nos produtos lácteos, este tipo de gorduras é normalmente encontrado nos produtos processados. As gorduras trans são uma alternativa barata às gorduras saturadas naturais e por isso são bastante utilizadas, mas fazem pior que as gorduras saturadas naturais.

 

Não coma tanto açúcar

Comer muito açúcar pode elevar os níveis do seu colesterol. Um estudo descobriu que adultos que consumiram 25% das suas calorias em bebidas feitas com xarope de milho e com um alto teor de frutose acabaram por apresentar um aumento de 17% no colesterol LDL. Isto em apenas duas semanas. A frutose junto ao colesterol LDL acaba por contribuir para o aumento das doenças cardíacas.

 

‘Abrace’ a dieta mediterrânica

A dieta mediterrânica é uma das mais conhecidas e saudáveis dietas que pode realizar. Esta dieta é rica em azeite, frutas, verduras, nozes, grãos integrais e peixes, havendo um baixo consumo de carnes vermelhas e produtos lácteos. O vinho tinto marca presença às refeições. Devido a estes alimentos, esta é uma dieta que diminuiu os riscos de doença cardíaca.

 

Coma mais soja

Os feijões de soja contêm isoflavonas, um composto semelhante ao estrogénio. Pesquisas descobriram que a proteína de soja e as isoflavonas têm efeitos redutores no colesterol e previnem doenças cardíacas.

 

Beba chá verde

Se ingerir regularmente chá verde, por pelo menos duas semanas, vai sentir uma redução do colesterol em cerca de 7 mg / dL e o colesterol LDL em 2 mg / dL.

 

Tente suplementos naturais para reduzir o colesterol

Para além de uma dieta saudável, tente tomar suplementos que ajudam a reduzir o colesterol. Alguns dos suplementos que pode tomar são: Niacina, Casca de Psyllium ou L-carnitina. Mas antes informe-se junto de especialistas.

 

 

Artigo anterior

Nova associação quer quebrar tabus associados à incontinência

Próximo artigo

Saiba como prevenir as enxaquecas no verão