Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Baile temático ajuda na luta contra o VIH/Sida

Baile temático ajuda na luta contra o VIH/Sida

O Dia Mundial da Luta Contra a Sida, assinalado a 1 de dezembro, será fechado com o já tradicional baile vermelho, uma ação de solidariedade que visa angariar fundos para o combate a esta doença que afeta 43 mil pessoas em Portugal.

Pinterest Google+
PUB

A 1 de dezembro, data em que se celebra o Dia Mundial da Luta Contra a Sida, vai realizar-se o baile vermelho, o já tradicional baile temático que apoia esta causa e que terá lugar no Palácio do Freixo, no Porto.

 

Nesta iniciativa solidária pede-se aos convidados que «sigam a temática sugerida e se vistam de vermelho», explica Cristina Sousa, vice-presidente da Abraço, organização responsável pela organização deste baile que se realizada desde 2014.

 

VEJA TAMBÉM: A MAGIA DO ÓBIDOS VILA NATAL ESTÁ DE VOLTA

 

Espera-se que o dress code vermelho aumente a consciencialização sobre o VIH/SIDA, una pessoas em prol de uma sociedade mais justa, mais igualitária e mais humana, sendo o vermelho usado como um poderoso sinal de solidariedade em defesa de todos aqueles que sofrem por atos de discriminação e exclusão social associados a uma doença que em Portugal atinge perto de 43 mil pessoas, informa a organização em comunicado.

 

A ideia é criar um momento de confraternização e convívio, com o objetivo de angariar fundos para o reforço orçamental necessário aos projetos em curso da Abraço e também para reforçar a sensibilização da sociedade portuguesa para a problemática da realidade de que «o VIH/SIDA toca a todos».

 

VEJA TAMBÉM: ÍLHAVO: PROVE A GASTRONOMIA QUE SE FAZ A BORDO DOS BACALHOEIROS

 

O cocktail de receção aos convidados começa pelas 20:00 seguindo-se o jantar, que tem um custo de 70 euros por pessoa. Esta será uma noite de partilha, com muito glamour à mistura, trazendo para as luzes da ribalta o trabalho desenvolvido pela Abraço nos seus 26 anos de existência.

 

Esta é uma instituição, não governamental, que trabalha para reduzir e prevenir a transmissão do VIH em Portugal, operando na prevenção, no aconselhamento e na despistagem tentando, desta forma, garantir o diagnóstico precoce, bem como o acesso e a adesão ao respetivo tratamento.

 

barra

Experiências no Porto

Artigo anterior

Pastilhas elásticas podem ajudar a fornecer vitaminas

Próximo artigo

Nova aplicação móvel quantifica e qualifica os resíduos sólidos domésticos produzidos em Portugal