Home»LAZER»DICAS & VIAGENS»Azinheira Monumental alentejana no pódio da Árvore Europeia do Ano

Azinheira Monumental alentejana no pódio da Árvore Europeia do Ano

Tem 150 anos e uma copa de mais de 20 metros que protege quem lá se abriga do tórrido calor alentejano nos dias mais quentes de verão. É a atual Árvore do Ano em Portugal e arrebatou o terceiro lugar no concurso Árvore Europeia do Ano 2019. Descubra a sua magnificência.

Pinterest Google+

Na estrada nacional que liga Mértola a Beja, vale a pena fazer um desvio de alguns quilómetros por terra batida para ver de perto esta imponência da natureza. É a Azinheira Monumental, com 150 anos de idade e uma impressionante copa de mais de 20 metros que protege todos aqueles que lá se abrigam do tórrido calor alentejano nos dias mais quentes de verão.

 

É a atual Árvore do Ano em Portugal e conseguiu o terceiro lugar no concurso Árvore Europeia do Ano 2019, que tinha a concurso 15 árvores de vários países. Em primeiro lugar ficou uma amendoeira da Hungria e em segundo um carvalho da Federação Russa.

 

 

VEJA TAMBÉM: MÉRTOLA, UM ROTEIRO PELA VILA MUSEU

 

De volta à nossa azinheira. Segundo informação divulgada pelo concurso Árvore do Ano, a melhor forma de perceber a grandiosidade desta azinheira secular é efetivamente pela sua sombra, pois «ao nos sentarmos debaixo da sua copa que faz com que o calor abrasador do Alentejo nos pareça suportável e nos permite contemplar a vastidão da planície envolvente respirando a sua tranquilidade».

 

Circundada por muitas outras suas pares, destaca-se ao longe pela imponente copa. Esta pode albergar quatro ou cinco árvroes da mesma espécie. É portanto uma gigante. Pode levar o carro até lá perto, não esquecendo que, sendo estrada de terra batida, poderá não estar nas melhores condições no inverno. Veja imagens na galeria acima e no vídeo abaixo.

 



A azinheira é uma árvore resiliente que faz parte de um sistema de produção mediterrânico único, que sustenta a economia de territórios frágeis e contribui para a biodiversidade. Faz parte da paisagem típica alentejana. É, aliás, um dos seus ex-libris.

 

Para chegar junto desta azinheira monumental, aquando na estrada nacional 122, entre dentro do Azinhal, uma localidade à beira da estrada. Aí, pergunte a um habitante que todos lhe saberão indicar a estrada batida que deverá percorrer até chegar à planície onde se encontra esta azinheira. Ou então siga as seguiintes coordenadas GPS: N 37°44’12.2″, W 7°49’17.2″

Artigo anterior

Pode o mundo ser mais feliz? ONU diz que ‘basta’ cumprir 17 metas

Próximo artigo

Alimentos que ajudam a baixar o risco de cancro