Sobre o Autor

Michele Pó

Michele Pó

Terapeuta de Ayurveda. Leciona Medicina Ayurvédica no Instituto de Medicina Tradicional e Svasthvrtta e Dietética e Nutrição Ayurvédica no IPTO – Associação de Práticas e Terapêuticas Orientais. Escreve quinzenalmente à terça-feira.

Hospital toca ‘Lullaby’ de Brahms sempre que um bebé nasce

O período pós-parto é considerado vital para a recuperação e rejuvenescimento da mãe. O choro contínuo de um bebé em processo de encontrar um sono consonante pode produzir um grande desequilíbrio numa nova mãe desacompanhada. Por Michele Pó.
Ayurveda: alimentação e estilo de vida na primavera

O nosso corpo é profundamente atmosférico, refletindo todas as mudanças que se vão operando na natureza. Na primavera, a temperatura começa a subir ligeiramente, a neve derrete-se, os rios começam a fluir, as flores brotam e florescem, e toda a vida adormecida no inverno desperta, dando lugar à cor, ao brilho, à alegria, aos sons da natureza. E o...
Shirodhara: uma das mais relaxantes terapias da Ayurveda

Consiste no derramamento de um remédio líquido num fluxo contínuo sobre a cabeça, por um período estipulado. Porque acalma direta e imediatamente a mente, esta terapia insólita tem um profundo impacto no sistema nervoso. Por Michele Pó.
Coentros na Ayurveda: um benefício tridóshico

Os coentros são uma erva aromática profusamente usada em Portugal, fazendo parte de muitos pratos típicos, em particular dos alentejanos. Muito para lá do seu agradável, distinto e refrescante paladar, os coentros relevam interessantes propriedades terapêuticas que têm a vantagem de poderem ser usadas para os três biótipos, de forma equilibrada. Por Michele Pó.
Foto: freepik

Independentemente de todas as outras recomendações que podem ser feitas para minimizar o stress na nossa vida, o riso é um método alegre e eficaz de cuidado de saúde preventivo que se enquadra como uma das respostas mais diretas, fáceis e eficazes para dissolver o stress. Por Michele Pó.
Foto: freepik

Qualquer sintoma que possa advir da menopausa pode ser minimizado através das práticas ayurvédicas, com a centralização espiritual da mulher e com o conhecimento do dosha que está desequilibrado. Por Michele Pó.
Hospital toca ‘Lullaby’ de Brahms sempre que um bebé nasce

Ser fértil é ser capaz de estar disponível para a vida, e como consequência ser capaz de dar vida. A fertilidade é um bem natural com que nascemos. Contudo, o estilo de vida atual tem tendido a desequilibrar esta dádiva. Muito para além da capacidade de conceber, a fertilidade revela um corpo cuidado, equilibrado, um organismo saudável e corretamente...
Foto: freepik

Todas as tradições da terra incluem nas suas práticas alguns rituais de limpeza profunda, habitualmente de ordem física, contudo, com o propósito mais enérgico de se limpar, através da sua aplicação, a alma. Por Michele Pó.
Sabores e emoções explicados pela medicina ayurvédica

Para manter o equilíbrio apropriado da química do corpo é importante estarmos conscientes da atividade dos elementos dentro do nosso organismo. Com este conhecimento podemos orquestrar o ritmo do corpo e da mente, acrescentando ou subtraindo elementos da dieta conforme o necessário. Por Michele Pó.
Nidra: adormecer com a Ayurveda

Dormir significa relaxamento total do corpo e da mente, nenhuma atividade de espírito, nenhum movimento na mente. É o estado de inconsciência para com o exterior. A mente está parada no sono real. O sono é considerado um dos pilares de sustentação da vida e da saúde na Ayurveda. Por Michele Pó.