Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Australianos criam relógio mais preciso do mundo

Australianos criam relógio mais preciso do mundo

Uma equipa de cientistas da Universidade de Adelaide está há 20 anos a desenvolver o mecanismo e acaba de vencer o Prémio Eureka da Austrália, que distingue grandes inovações na ciência. O mecanismo é de tal ordem preciso que ganha ou perde apenas um segundo em 40 milhões de anos.

Pinterest Google+

Chama-se Oscilador Criogénico de Safira, também conhecido como Relógio de Safira, e é o relógio mais preciso do mundo, agora atestado pelo Prémio Eureka da Austrália, que distingue grandes inovações na ciência.

 

O relógio é o resultado de mais de duas décadas de pesquisa pioneira da Universidade de Adelaide, Austrália, e é 1000 vezes mais preciso do que qualquer outro sistema comercial. É tão preciso que ganha ou perde apenas um segundo ao longo de 40 milhões de anos, revela a universidade em comunicado.

 

VEJA TAMBÉM: QUANDO UM RELÓGIO SE TRANSFORMA NA MOTA MAIS CARA DO MUNDO

 

Desenvolvido pelo Instituto de Fotónica e Deteção Avançada desta universidade e pela empresa Cryoclock Pty Ltd, o Relógio de Safira gera um sinal de ruído ultrabaixo incrivelmente puro. Estes sinais são usados ​​na maioria dos sistemas eletrónicos que usamos todos os dias, incluindo em radares e GPS.

 

«Com a sua precisão inigualável, o Relógio de Safira tem potencial para uma atualização do sistema de radar Jindalee Over-The-Horizon Network (JORN), que monitoriza aeronaves», diz o líder da equipa, Andre Luiten, diretor da Instituto de Fotónica e Deteção Avançada da Universidade de Adelaide.

 

Este relógio «é um exemplo perfeito da pesquisa fundamental que se faz em universidades, levando a avanços tecnológicos que beneficiam a nossa nação», remata o investigador.

 

Artigo anterior

Reiki: descubra os benefícios desta terapia integrativa

Próximo artigo

Parta à descoberta de cidades menos concorridas (mas igualmente carismáticas) da Europa