Home»VIDA»ALTERNATIVAS»Astrologia medicinal: as síndromes do comportamento

Astrologia medicinal: as síndromes do comportamento

Existem diferentes tipos de personalidade. Conheça quatro tipos de síndrome que afetam o comportamento dos indivíduos, à luz do que dizem os atros.

Pinterest Google+

SÍNDROME HIPER-REATIVA

Em alguns indivíduos, a resposta será rápida, brutal e excessiva, com sinais de alergias ou comportamento de extrema atividade. Esta síndrome caracteriza-se por um comportamento de hiperatividade, euforia, otimismo exagerado, mas também emotividade e irritabilidade. Caracteriza-se pelas patologias classificadas como alérgicas ou inflamatórias (eczemas, rinites, urticárias, asmas alérgicas, dores reumáticas e inflamatórias). Parece-se muito e tem analogia com o “temperamento colérico” do elemento fogo. O oligoelemento de base desta síndrome é o magnésio e o planeta é Júpiter.

 

SÍNDROME HIPO-REATIVA

É dominada pela extrema frequência das infeções do sistema respiratório e dos sistemas digestivo e urinário. O indivíduo hipo-reativo cansa-se com facilidade e necessita de muitas horas de sono. Normalmente calmo, pessimista, reflexivo. Tem analogia com o “temperamento fleumático” do elemento água. Todo o seu organismo reage lentamente. O oligoelemento desta síndrome é o magnésio-cobre, planetas Júpiter e Vénus (Terra).

 

SÍNDROME DISTONIA

Caracteriza-se por um atraso das trocas celulares, com uma adaptação ao esforço e baixa progressiva da vitalidade. A pessoa torna-se ansiosa e moderadamente deprimida. Patologicamente acentua tendências a artrose, osteoporose, cefaleias e ansiedade. É uma evolução da síndrome hiperreativa. Tem analogia com o “temperamento sanguíneo” do elemento ar. O oligoelemento desta síndrome é o magnésio-cobalto e os planetas Júpiter e Marte.

 

SÍNDROME ANÉRGICA

Encontramos, nesta síndrome, uma diminuição da vitalidade, com uma astenia (fraqueza orgânica) global e um envelhecimento prematuro. Caracteriza-se também pela diminuição da resposta imunológica, agravamento das infeções, cancerização, esclerose. Choro, depressão, ansiedade crônica. Ela é uma evolução da síndrome hiporeativa. Tem analogia com o “temperamento melancólico” do elemento Terra. O oligoelemento deste síndrome é o cobre-ouro-prata e os planetas (Terra/Vénus)-Sol-Lua.

 

Artigo anterior

Divertidos e nutritivos: os lanches que os mais pequenos vão querer levar para a escola

Próximo artigo

Um terço dos caloiros relata transtornos mentais