Home»VIDA»ALTERNATIVAS»Astrologia medicinal: analisemos a sua terminologia

Astrologia medicinal: analisemos a sua terminologia

As 12 casas são divisões fixas do céu - do ponto de vista de um observador na Terra - através do qual os planetas e o zodíaco parecem mover-se como a Terra gira sobre seu eixo.

Pinterest Google+

Na astrologia medicinal,  o termo”planetas” normalmente refere-se aos planetas “visíveis”: Mercúrio, Vénus, Marte, Júpiter e Saturno, mas também inclui o Sol e a Lua.

 

O zodíaco é uma faixa larga de céu de 16 ° que segue o caminho aparente do sol. O zodíaco é dividido em 12 partes iguais chamados signos do zodíaco, que são: Carneiro, Touro, Gêmeos, Caranguejo, Leão, Virgem, Balança, Escorpião, Sagitário, Capricórnio, Aquário e Peixes. Devido a rotação da terra, o zodíaco parece girar em torno da mesma cerca de uma vez a cada 24 horas.

 

As 12 casas são divisões fixas do céu – do ponto de vista de um observador na Terra – através do qual os planetas e o zodíaco parecem mover-se como a Terra gira sobre seu eixo.

Há três coisas principais consideradas no mapa de astrologia médica de qualquer tipo, são eles:

– O Sol, o signo do zodíaco e da Casa que se encontra, e quaisquer influências relevantes de outros planetas;

– A Lua, o signo do zodíaco e da casa que se encontra, e quaisquer influências relevantes de outros planetas;

– VI casa, o signo do zodíaco na sua cúspide, quaisquer planetas localizados dentro ou associado com a Casa e quaisquer influências relevantes por outros planetas;

– Em ambos os casos verificar sempre o dispositor da cúspide da casa.

 

O Sol é geralmente considerado como o principal indicador da saúde de um homem, sendo que a Lua é de importância secundária. Para o sexo feminino a Lua é o principal indicador de saúde, enquanto o Sol é de importância secundária. A Sexta casa refere-se a questões de saúde em geral, e é a Casa mais importante num mapa de saúde.

 

Há também outras coisas a considerar, como o posicionamento dos planetas no céu, que é o signo do zodíaco e da casa dos planetas que estão localizados e sua relação com o outro, em outras palavras, se há um aspeto significativo (alinhamento angular) entre os planetas. Claro que há uma série de outras considerações que serão mencionados nesta formação, mas este é, apenas uma visão geral básica.

Artigo anterior

Praia fluvial de Alcoutim, um mergulho no Algarve serrano

Próximo artigo

Prepare o seu filho para não se perder