Home»VIDA»ALTERNATIVAS»Astrologia e saúde: os joelhos de capricórnio

Astrologia e saúde: os joelhos de capricórnio

Sendo o signo que abre o 4 e último quadrante, liga-se à velhice, o que faz sentir o peso da vida, os limites, os medos na sua segurança, reprimindo os seus movimentos e criando pouca flexibilidade, essa que fica retida nos joelhos.

Pinterest Google+
PUB

Culpeper diz: “Sob Capricórnio estão os joelhos, presuntos e o que lhes pertence.”

 

Como signo que abre o solstício de inverno, a sua característica é de reter, comprimir. E  devido à sua missão de direcionar a vida, onde o norte aponta o caminho, o corpo esquelético que dá estrutura ao corpo é o que se recente com maior frequência, levando a ter a tendência ao pessimismo, rigidez, frigidez, teimosia, secura, egoísmo, disciplina excessiva e reserva. Toda esta psicossomatização faz reter a sua espontaneidade e o corpo contrai e não relaxa, não deixa os músculos descontrair criando rigidez no seu corpo.

 

Sendo o signo que abre o 4 e último quadrante, liga-se à velhice, o que faz sentir o peso da vida, os limites, os medos na sua segurança, reprimindo os seus movimentos e criando pouca flexibilidade, essa que fica retida nos joelhos. Os planetas na casa X também indicam uma predisposição para problemas de coluna, por exemplo, com Saturno nesta casa predisposto a sentir maior repressão o que leva à tendência de artrite, contraturas crónicas, dificuldade em agir, pela pouca flexibilidade que se permite ter.

 

As lições de capricórnio

A sua rigidez determina a sua saúde, podendo comprimir os músculos e criando menos fluxo, e o seu corpo obedece. Por exemplo, está a cumprir prazos e por vezes está tão imbuído na responsabilidade da entrega de um projeto que esquece de descomprimir, fazer alguns alongamentos, o que o leva a sentir-se no final do dia mais pesado, tenso e pouco flexível.

 

Uma das causas é o cumprimento das suas obrigações, que costuma fazê-lo de forma muito rígida e ao estimular o seu sistema nervoso com esta ação acaba por não deixar fluir o sangue provocando muitas vezes frio no corpo e pouca irrigação sanguínea que afeta o seu sistema esquelético. Caso não liberte a tensão e a rigidez poderá ter várias manifestações físicas. Para poder alivar toda a tensão pode por exemplo fazer pausas curtas, para esticar os braços, levantar da sua cadeira e fazer alguns movimentos.

 

Manifestações físicas de capricórnio:

  • Dores de coluna
  • Enxaquecas
  • Corpo frio
  • Infeções musculares
  • Infeções nos joelhos
  • Problemas dentários
  • Frieiras
  • O lado direito do corpo

 

Todas estas manifestações físicas são conhecidas por este nativo, que procurará resistir às obrigações do seu trabalho. Conhece aquela frase “O seguro morreu de velho”, típico deste signo, pode levar a ficar mais velho ainda novo, por ter dificuldade de relaxar, deixar a vida fluir e seguir um plano terapêutico ou conselhos de amigos. Por vezes descura e faz as coisas de forma mais séria e rígida.

 

Técnicas terapêuticas

Com que responsabilidade os seus joelhos o movem? Se eles se movem sentindo obrigação de servir os outros, ou no meio desta ação a chave está a ouvir o seu corpo e dar-lhe o que ele precisa? Para esticar os seus joelhos, e levar a sua energia a si e aos outros, reflita nestas questões:

 

  • Como carateriza a natureza das suas ações, tais como; planear, propósito, organizar, etc…?
  • Como dá seguimentos a essas ações? Responsabilidade, sucesso, entusiasmo, medo? Como os seus joelhos se movem para agir?
  • Faça uma lista das suas obrigações. Qual é que escreve primeiro? Qual a que esta diretamente ligada a si?
  • Esta realmente consciente do que se passa à sua volta?
  • Qual foi a última vez que assumiu a responsabilidade de algo, e o fez pelos outros e não por si? O que significa para si, fazer algo por um bem maior?

 

Continua na próxima página…

Artigo anterior

O que é cycling indoor? Quais os seus benefícios?

Próximo artigo

Previsões astrológicas para o mês de outubro de 2020