Home»VIDA»ALTERNATIVAS»Astrologia e as crianças: Sol em Carneiro

Astrologia e as crianças: Sol em Carneiro

Sendo o processo educativo um desafio, a astrologia poderá desempenhar um papel auxiliador ajudando os pais a compreender mais profundamente os seus filhos.

Pinterest Google+

Assim, ao estudarmos o mapa natal da criança, podemos aceder a informação preciosa acerca dos seus potenciais e fraquezas naturais, permitindo uma ação parental direcionada para a fomentação dos seus talentos e para o estabelecimento de estratégias que a ajudem a ultrapassar os desafios decorrentes do seu desenvolvimento.

 

Uma das colocações importantes no mapa é o posicionamento do Sol. De acordo com a data de nascimento poderemos encontra-lo posicionado num dos 12 signos do zodíaco – Carneiro, Touro, Gémeos, Caranguejo, Leão, Virgem, Balança, Escorpião, Sagitário, Capricórnio, Aquário ou Peixes.

 

De acordo com o seu posicionamento, o Sol revela-nos muito do potencial da criança como, por exemplo, a imagem que tem de si própria, a sua forma de autoexpressão e as pessoas/objetos/locais com as quais se identifica. Além de nos levantar o véu da identidade do pequeno ser, mostra também como a criança lida com as figuras de autoridade e quais as suas potenciais fraquezas.

 

Sol em Carneiro

A criança nascida com o Sol no signo de Carneiro tenderá a ser destemida, irrequieta e muito ativa. As suas respostas são rápidas, francas e diretas podendo, por vezes, não considerar os sentimentos dos que as rodeiam. O seu planeta regente é Marte o que lhe atribui muita energia, agressividade e gosto pela competição.

 

Tem uma predisposição natural para a liderança tornando-se, com frequência, o dinamizador do seu grupo de amigos pois possui a capacidade de motivar para ação todos os que o rodeiam. A sua marcada impulsividade, acompanhada da grande necessidade de expressão da sua identidade, poderá dificultar a aceitação de “ordens” e de limites. Desde muito cedo busca a independência explorando o mundo que a rodeia sem medos. Destacamos ainda uma possível falta de paciência que, acompanhada pela vontade constante de começar algo novo, poderá dificultar a concentração e a finalização das tarefas.

 

Algumas orientações

» Ajudá-la a considerar os sentimentos dos outros fazendo simulações de troca de papéis;

» Prática de desporto que lhe permita gastar a sua imensa energia;

» Mostrar-lhe que as regras são importantes usando os jogos como exemplo;

» Exercícios que ajudem a desenvolver a capacidade de concentração aumentando gradualmente a sua durabilidade.

Artigo anterior

Sinais de que está com falta de cafeína

Próximo artigo

Mulheres no Café: o tema do Dia Internacional do Café