Home»BEM-ESTAR»COMPORTAMENTO»«As plantas podem ser usadas como ferramenta terapêutica»

«As plantas podem ser usadas como ferramenta terapêutica»

Katie Cooper é psicóloga e uma apaixonada por plantas. Acaba de lançar em Portugal o livro ‘Terapia das Plantas’, editado pela Casa das Letras, que explica como podemos melhorar o nosso bem-estar mental e emocional com plantas domésticas.

Pinterest Google+
PUB

É psicóloga de formação. Como é que despertou para as potencialidades de tratamento que as plantas oferecem a quem procure bem-estar mental e emocional?

Foi algo que percebi ao trabalhar com um cliente de longa data que ficou preso na terapia. Na tentativa de ajudá-la a tornar-se mais cuidadosa consigo mesma e desenvolver essa capacidade internamente, sugeri que cuidasse e cultivasse uma planta de fruto. Acabou por funcionar bem e ela tornou-se capaz de falar nas nossas sessões e começou a identificar essa capacidade de cuidar dentro dela. Isso levou-me a pesquisar mais sobre os benefícios das plantas.

 

O nosso afastamento do mundo natural está na raiz de muitos problemas de cariz mental?

Eu acho que é provavelmente um fator que contribui para problemas de saúde mental. As nossas vidas nos dias de hoje são tão ocupadas, com muitas pressões e em grande parte vividas em ambientes urbanizados. Como resultado, o sistema adrenal dos nossos corpos pode ficar frequentemente sobrecarregado. Obviamente, essa não é uma maneira saudável e sustentável de viver, então as pessoas precisam de procurar saídas. Conectar-se com a natureza pode ser essa saída e pode ajudar-nos a refletir e a recuperar. Se houvesse mais natureza por perto e integrada ao nosso dia a dia, sim, acredito que seríamos mais saudáveis.

 

Como enquadra o papel das plantas no tratamento de problemas de saúde mental? São uma ferramenta terapêutica?

Acho que sim, elas podem ser usadas como uma ferramenta terapêutica, como referi. Mas a interação com as plantas também pode ser defendida como uma forma de atenção plena, que, claro, pode ser usada dentro e fora da sala de terapia.

 

VEJA TAMBÉM: NATUREZA TERAPÊUTICA: AS PLANTAS QUE VÃO MELHORAR A SUA VIDA

 

Que benefícios as plantas trazem a quem com elas convive diariamente?

As plantas trazem todos os tipos de benefícios ambientais e de saúde. Limpam o ar que respiramos removendo toxinas e também aumentam os níveis de oxigénio. Além disso, estar cercado de verde pode ajudar a baixar os níveis de pressão arterial e colocar-nos num estado mais relaxante, pode desligar o nosso sistema de luta e fuga. Além disso, se começar a interagir com as plantas cuidando delas, isso pode ajudar a aumentar os níveis de autoestima, compaixão e autodomínio.

 

Qual a sua descoberta mais emocionante nesta matéria que queira partilhar com o mundo?

Nada disto é realmente uma descoberta minha. O poder da natureza sempre foi conhecido, apenas foi um pouco esquecido ultimamente. Eu realmente só quero lembrar o mundo de como a natureza é importante para o nosso bem-estar.

 

Existem provas de que conseguem atenuar problemas? Que tipo de problemas, os mais ligeiros ou mais complexos também?

As plantas podem definitivamente ajudar a limpar o ar. Parece que sabemos e entendemos implicitamente isso sobre as árvores, mas, estranhamente, as pessoas são menos propensas a fazer essa conexão com as plantas e os benefícios ambientais que elas podem trazer ao seu microclima. Honestamente, não tenho a certeza de quanto as plantas podem prevenir problemas de saúde mental. Mas viver uma vida bem equilibrada, que inclui garantir que você viva mais perto da natureza do que as suas configurações diárias permitem, certamente pode ajudar muito na construção da resiliência pessoal.

 

Na sua prática já viu alguma transformação positiva potenciada pelo contacto com o mundo vegetal?

Como mencionei tive uma experiência em primeira mão de trabalhar com uma cliente que, ao cuidar de uma planta, começou a internalizar sua capacidade de autocompaixão e comportamento de carinho. Isso foi realmente muito poderoso. E não surpreendente quando vemos o quão gratificante a criação de animais de estimação pode ser para algumas pessoas.

 

Quais as suas plantas de eleição para ajudarem a manter o equilíbrio mental?

Gosto de ter todo o tipo de plantas à minha volta, mas no geral gosto de ter plantas fáceis de manter, com uma ou duas mais exigentes. Isso significa que, no geral, posso viver num ambiente verde, exuberante e com aparência saudável e aprimorar as minhas habilidades de cuidados com as planta/autocuidado com apenas algumas plantas importantes ou raras.

 

Que tipo de relação com o mundo vegetal aconselha as pessoas a terem quotidianamente para manterem uma boa sanidade mental?

Eu encorajaria as pessoas a manter uma conexão diária com o mundo das plantas e tentar manter uma interação consistente com as plantas e a natureza. Esta é a chave para viver um estilo de vida mais equilibrado.

 

Que mensagem gostaria de deixar a quem se estiver a sentir mental e emocionalmente exausto? Que primeiro passo poderão dar para tirarem benefício desta relação com as plantas? 

Acho que todos nós reconhecemos esse sentimento de se sentir esgotado. O meu primeiro pensamento seria que faz melhorar. A minha primeira sugestão para trabalhar no sentido de se sentir melhor seria dedicar algum tempo a tentar mergulhar completamente na natureza, fazendo uma caminhada na floresta ou, se não for possível, uma caminhada no parque local. Tente absorver o verde ao seu redor e o impacto positivo que isso pode ter na restauração da sua capacidade mental. O próximo passo, eu diria, é comprar uma planta de fácil manutenção, como uma planta zamioculcas ou uma pothos verde. Essas plantas irão prosperar na sua casa com pouco esforço e ajudarão a aumentar a sua confiança para iniciar a sua coleção de plantas, que lhe proporcionará uma conexão com o ar livre, mesmo quando estiver dentro de casa.

 

 

Artigo anterior

Multitasking? Técnicas e ferramentas para aumentar a produtividade

Próximo artigo

Lince-ibérico representa uma história de sucesso na recuperação de espécie ameaçada