Home»BEM-ESTAR»COMPORTAMENTO»As emoções são mais fortes do que as palavras

As emoções são mais fortes do que as palavras

Demora apenas um décimo de segundo para o cérebro reconhecer emoções transmitidas por vocalizações. Não importa se os sons não verbais são gritos de raiva, risos de felicidade ou gemidos de tristeza.

Pinterest Google+

Um grupo de investigadores da Universidade de McGill, Canadá, descobriu que prestamos mais atenção a emoções (seja felicidade, tristeza ou raiva) expressas através de vocalizações, do que quando a mesma expressão é manifestada num discurso.

 

Os investigadores acreditam que a rapidez com que o cérebro cria ‘tags’ destas vocalizações, e a preferência dada a estas comparadas com a linguagem, é devido ao papel crucial que a decodificação de sons vocais tem desempenhado na sobrevivência humana.

 

«Compreender as emoções expressas através da linguagem envolve sistemas cerebrais que se têm desenvolvido paralelamente ao desenvolvimento da linguagem humana», diz Marc Pell, diretor da Escola de Ciências da Comunicação e Distúrbios da McGill, ao jornal ‘Biological Psychology’.

 

Veja a galeria:Os comportamentos insólitos dos apaixonados

 

Para comprovar esta teoria, os investigadores concentraram o estudo em três emoções básicas: raiva, tristeza e felicidade. Colocaram 24 participantes a jogar uma mistura aleatória de vocalizações e de discursos absurdos, como, por exemplo, os dormitórios são na cozinha, mas falado com uma intenção emocional diferente. Foram usadas frases sem sentido, a fim de evitar quaisquer pistas linguísticas sobre as emoções. De seguida, pediram aos participantes para identificar as emoções que os oradores transmitiam e utilizaram uma eletroencefalografia para gravar a rapidez e a forma como cérebro responde quando os participantes ouvem os diferentes tipos de sons vocais emocionais.



Com este método, investigadores foram capazes de medir como o cérebro responde às emoções expressas por meio de vocalizações, em comparação com a linguagem falada, com uma precisão de milissegundos. Certas emoções são reconhecidas com maior rapidez, através de vocalizações, do que outras e produzem respostas cerebrais maiores. Por fim, as pessoas que estão ansiosas são particularmente sensíveis às vozes emocionais com base na força da sua resposta cerebral.

Artigo anterior

Avon lança novo creme +45

Próximo artigo

Hábitos financeiros a adotar até aos 30