Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»App Smartify quer fazer para a arte o que a Shazam faz para a música

App Smartify quer fazer para a arte o que a Shazam faz para a música

Presente em mais de 30 museus e galerias populares no mundo, quer revolucionar a forma como as pessoas se relacionam com a arte.

Pinterest Google+

Basta apontar o smartphone e ele devolve informação sobre a peça de arte que está à sua frente. É assim que funciona a Smartify, uma nova aplicação que quer ser para o mundo da arte o mesmo que a aplicação Shazam já faz para o mundo da música.

 

Desenvolvida no Reino Unido, já tem na sua base de dados obras de mais de 30 museus e galerias populares no mundo, entre os quais a Real Academia de Artes, em Londres, o Museu Hermitage, em São Petersburgo, na Rússia, e o Museu Metropolitan, em Nova Iorque, nos Estados Unidos da América.

 

Veja também: Truques para aprender uma nova língua

 

Para a usar, basta descarregar a aplicação, fotografar a obra sobre a qual se quer mais informação e esta será devolvida em tempo real. A Smartify também anunciou uma parceria com a Wikimedia Foundation, para aceder às suas imagens e transmitir o serviço de reconhecimento de obras em vários idiomas.

 

«A nossa ambição é reformular o uso de smartphones como ferramenta, em vez de distração, e ajudar os museus a criar novas audiências e fluxos de receita», revela a empresa em comunicado. O objetivo é que cada vez mais museus e outras instalações artísticas do mundo se juntem à aplicação.

 

 

 

Artigo anterior

Sente cansaço mental? Alimente o seu cérebro da melhor forma

Próximo artigo

Nature, o novo super iate de luxo amigo da natureza