Home»VIDA»DIREITOS HUMANOS»APAV associa-se a campanha internacional que denuncia abusos sexuais online

APAV associa-se a campanha internacional que denuncia abusos sexuais online

Campanha #stopchildabuse visa alertar para abusos sexuais online que não implicam contacto direto e que podem surgir através de redes socias, jogos e aplicações móveis que as crianças e adolescentes usam.

Pinterest Google+
PUB

A Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) associa-se à campanha internacional #StopChildAbuse​, que pretende alertar para os abusos de cariz sexual que acontecem também no mundo virtual.

 

A campanha visa alertar para abusos sexuais online que não implicam contacto físico direto e que podem surgir através de redes socias, jogos e aplicações móveis que as crianças e adolescentes usam. Os abusadores podem usar conteúdos que os jovens publicam voluntariamente e deturpá-los, por exemplo, com consequências psicológicas e emocionais para os visados, bem como para a sua imagem pública, levando-os a outros riscos, como o cyberbulling. Veja o vídeo da campanha abaixo (em inglês).

 

«O abuso e a exploração sexual infantil online são uma realidade. Pode ser difícil de aceitar, mas qualquer criança pode ser vítima em qualquer uma de suas múltiplas formas. Portanto, o envolvimento da família, da escola e da sociedade como um todo é fundamental para entender, prevenir, reduzir e lidar com esse tipo de risco», informa a campanha.

 

A campanha é promovida no âmbito do projeto 4NSEEK – Forensic Against Sexual Exploitation of Children, com o apoio financeiro do Fundo para a Segurança Interna – Polícia, da União Europeia.

 

A APAV está disponível para apoiar, através da Linha de Apoio à Vítima 116 006 (chamada gratuita), Messenger (Facebook), videochamada (Skype: apav_lav) e através da rede nacional de Gabinetes de Apoio à Vítima.

Artigo anterior

Descubra alguns mitos sobre gordura e colesterol

Próximo artigo

Pintar mandalas: trabalhe o seu equilíbrio interior