Home»VIDA»CARREIRA»Apaixone-se pelo seu trabalho: dicas para os millennials

Apaixone-se pelo seu trabalho: dicas para os millennials

Viver um trabalho de forma apaixonada nem sempre é possível, sobretudo para a geração que anseia por experiências vibrantes a cada dia. Por isso, Adam Smiley Poswolsky, especialista internacional em gestão de carreiras, dá algumas dicas para encontrar a felicidade no trabalho.

Pinterest Google+

«Há um equívoco generalizado de que a única maneira de começar a gostar da vida é demitir-se do trabalho, mudar-se para a Tailândia e começar o seu próprio negócio numa vila à beira-mar», começa por dizer Adam Smiley Poswolsky, um millennial especialista em trabalho, num artigo publicado no site ‘Motto’.

 

Muitas pessoas encontram dificuldade em gostar do seu trabalho, fazendo-o apenas por necessidade ou comodismo. No seu livro ‘The Quarter-Life Breakthroug’, Adam conta histórias de pessoas que descobriram a felicidade no trabalho, sendo que a maioria a encontrou no momento em que deixou de trabalhar por conta de outrem e começou a sua própria empresa.

 

Veja também: Os millennials e o exercício físico: motivação extra para se mexer

 

Há quatro anos, também Adam abandonou o seu trabalho confortável e bem remunerado. «Desde então, embarquei numa jornada para encontrar um trabalho significativo e cercar-me de crentes que também estão a perseguir os seus sonhos. Escrevo e falo sobre as alegrias (e desafios) de viver em alinhamento com o verdadeiro eu, trabalhando com um propósito e sendo um criativo», conta o jovem no seu site oficial.

 

O seu objetivo passa por ajudar as pessoas a encontrarem o trabalho que gostam realmente. Ao fazê-lo, o jovem empreendedor constrói comunidades transformadoras e empresas onde os líderes podem criar um mundo mais inovador, sustentável e compassivo.

 

Veja também: Erros de carreira que não vai querer cometer

 

Atualmente, os millennials compõem a maioria da população mundial. Apesar da crise de emprego e da recessão que tem afetado muitos países, estes jovens não se movem pelo dinheiro. Esta geração é conhecida por mudar de emprego inúmeras vezes. Um recente relatório da ‘Gallup’ revelou que 21% dos millennials mudaram de emprego no último ano e apenas 29% estão envolvidos com os seus trabalhos tornando esta a geração menos comprometida com o trabalho.

 

«Os desafios enfrentados pela nossa geração são simplesmente demasiado sérios para serem ignorados. (….) Acredito que capacitar os millennials para encontrar um trabalho significativo é essencial para resolver os desafios mais sérios do mundo: as alterações climáticas, a desigualdade de rendimentos, o acesso aos cuidados de saúde, a educação e os empregos e a capacidade de todos, independentemente de onde nasceram, de atingir o seu potencial», conclui o millennial.

 

Veja na galeria acima as dicas do especialista para se apaixonar pelo seu trabalho.

Artigo anterior

Saúde sexual para todas as pessoas

Próximo artigo

Aumente o prazo de validade dos alimentos