Home»VIDA»DIREITOS HUMANOS»Amnistia Portugal lança petição a favor dos civis afegãos

Amnistia Portugal lança petição a favor dos civis afegãos

Apelo dirigido às autoridades portuguesas pretende salvaguardar evacuação segura de civis afegãos, bem como garantir proteção internacional aos que dela precisarem.

Pinterest Google+
PUB

“Portugal deve cumprir as suas obrigações para com civis afegãos” é o nome da petição lançada pela Amnistia Portugal e dirigida ao governo português, com o intuito de garantir a segurança de civis afegãos após a tomada de posse do poder por parte dos talibãs no país.

 

«O que assistimos é uma situação que deveria ter sido prevista, evitada e que ainda pode piorar. Por isso, o tempo para agir é escasso, sobretudo para todos aqueles que, de forma pacífica, contribuíram para que o Afeganistão pudesse ter uma oportunidade de futuro seguro: jornalistas, ativistas, defensores de direitos humanos e, em particular, mulheres defensoras de direitos humanos», pode ler-se no documento.

 

VEJA TAMBÉM: MILHARES DE CRIANÇAS VIVEM NAS RUAS DE CABUL PARA ESCAPAR À VIOLÊNCIA

 

Dirigida à ministra Estado e da Presidência do Conselho de Ministros e primeira-ministra em exercício, Mariana Vieira da Silva, a carta que acompanha a petição pede que Portugal cumpra com as suas obrigações morais, humanitárias e legais.

 

Entre os apelos às autoridades portuguesas está a promoção da criação de rotas legais e seguras, através de corredores humanitários que evitem que quem procura refúgio se submeta a viagens arriscadíssimas por terra e por mar; o auxílio na evacuação imediata de elementos da sociedade civil afegã, jornalistas, ativistas, defensores de direitos humanos, e outras pessoas em situação de maior vulnerabilidade – com especial relevo para mulheres e crianças, mas sem esquecer o seu agregado familiar – e facilitem o seu processo de proteção internacional no nosso país, como define o direito humanitário internacional.

 

Para assinar a petição, clique aqui.

 

 

Artigo anterior

Truques para ficar bem nas fotografias

Próximo artigo

A importância de parar, ir de férias…