Home»BEM-ESTAR»COMPORTAMENTO»Alunos fãs de videojogos podem ter melhor desempenho na escola

Alunos fãs de videojogos podem ter melhor desempenho na escola

O que Shakespeare e World of Warcraft têm em comum? Muitos dos jogos de vídeo atuais assemelham-se à literatura da história, em termos de experiência de imersão, revela um novo estudo.

Pinterest Google+

Os jogos de vídeo podem ser um aliado no desenvolvimento da compreensão de narrativas por parte dos alunos, de acordo um estudo do Instituto de Tecnologia de Nova Iorque, EUA.

 

Enquanto que os professores tradicionalmente incentivam os alunos a lerem mais para se tornarem melhores escritores, John Misak, autor do estudo, sugere que se dê mais crédito aos videojogos para ajudarem a melhorar as habilidades de composição narrativa dos alunos.

 

«Quando estão a jogar, os alunos tomam decisões e investem tempo na elaboração da narrativa que lhes surge nos ecrãs. Ao fazê-lo, entendem a narrativa não apenas do ponto de vista do leitor, mas também do ponto de vista do criador», argumenta John Misak.

 

Veja também: Casamentos: o que vestir às crianças segundo as tendências

 

O facto de os alunos jogarem ou verem vídeos no Youtube durante as aulas não parece representar um problema. Segundo o estudo, estas práticas podem ser ferramentas valiosas por desenvolverem o sentido crítico dos aluno, algo que pode ser canalizado para a análise de obras de narrativa, literatura ou cinema.

 

«Os alunos aprendem muito de forma visual. É tudo uma questão de ‘não me diga, mostre-me’», adianta Misak. «Os jogos de vídeo permitem que ganhem uma noção de lugar e compreendam a diferença entre ver simplesmente ou experimentar o ambiente. Por sua vez, a sua composição de escrita também se torna imersiva, permitindo que o leitor não só leia os detalhes da história, mas que os sinta como se estivessem realmente naquele cenário.

Artigo anterior

Chanel vende bolas de ténis a... 400 euros

Próximo artigo

Quer iniciar-se no negócio das estadias de curta duração? Esta casa móvel foi feita para isso