Home»ATUALIDADE»ESPECIALISTAS»Alimentos que bronzeiam: indicações de uma nutricionista

Alimentos que bronzeiam: indicações de uma nutricionista

Uma pele bronzeada é sempre apetecível, mas este ano as idas à praia estão mais dificultadas. Descubra como pode alimentar o seu bronze, sem que para isso tenha de ficar a torrar ao sol ou a colocar em risco a sua saúde.

Pinterest Google+
PUB

Os tempos estão conturbados, mas não há quem não deseje um pouco de sol, calor e uma pele bronzeada para tirar a barriga de misérias. Apesar de já existir uma grande contenção no que respeita à exposição solar excessiva, uma pele dourada q.b. continua a ser sinal de saúde, de férias, praia e descanso!!!

 

Se pensa que para o conseguir terá necessariamente de ficar a torrar ao sol, este ano não vai ter de tirar mais dias de férias para ir à praia. Basta conhecer os alimentos ricos nos ingredientes amigos de uma pele jovem, pigmentada e muito mais saudável.

 

Aprenda a bronzear-se sem comprometer a sua saúde, a prevenir o envelhecimento precoce da pele, evitando as horas críticas de exposição ao sol, em que os raios UV podem ser verdadeiros vilões.

 

VEJA TAMBÉM: NÃO BEBE ÁGUA SUFICIENTE? ENTÃO, ESTAS DICAS SÃO PARA SI

 

A verdade é que uma boa alimentação pode ajudar a manter uma pele hidratada e pigmentada durante mais tempo, com o ar saudável de quem teve férias há pouco tempo! Para além de auxiliar a preparar e a proteger a pele para o verão, uma alimentação correta pode também ajudar a manter o bronzeado ao longo do ano. O que poderíamos pedir mais?

 

Os alimentos que ‘bronzeiam’

Os alimentos ricos em betacaroteno são excelentes ingredientes para conseguirmos o nosso bronzeado natural. O betacaroteno, precursor da vitamina A, atua diretamente na produção de melanina, responsável pela pigmentação da pele e responsável pela sua proteção contra os raios solares.

 

Os betacarotenos são ainda considerados componentes antioxidantes que proporcionam uma proteção extra no que respeita aos danos celulares que a radiação solar provoca, prevenindo o surgimento de rugas e lesões.

 

Podemos encontrar betacarotenos em vegetais verde escuros (como espinafre, repolho, brócolos ou agrião), em fruta ou legumes alaranjados (como cenoura, abóbora, manga e papaia) ou ainda em alimentos de pigmentos fortes como a beterraba.

 

Contudo, para além destes, existem também outros nutrientes que agem como antioxidantes, complementado a ação da vitamina A no processo de proteção cutânea. São eles:

– A Vitamina C, encontrada em alimentos como laranja, tangerina, abacaxi, morango ou kiwi;

– A vitamina E, encontrada nas sementes de sésamo, girassol, amêndoas, nozes, avelãs e no azeite;

– Os flavonoides, encontrados no chá verde, tomate, cenoura, soja, morango, uva, cereja.

 

Para garantir o bronzeado perfeito neste verão, basta então manter um consumo regular desses alimentos no seu plano alimentar diário para conseguir ter uma reserva natural de betacarotenos e antioxidantes.

 

Independentemente do seu tipo de pele, quer seja ela seca, oleosa ou mista, qualquer pessoa beneficia de uma alimentação funcional direcionada para a saúde cutânea, especialmente nesta altura do ano.

 

Não podemos nunca esquecer que, para além da alimentação equilibrada, a hidratação é tão ou mais importante no que respeita à nossa pele. A água, além de evitar a desidratação interna e externa, ajuda a manter os nutrientes ativos nas reações metabólicas.

 

Nesta altura do ano em que o calor se faz sentir, desidratamos com maior facilidade. E, portanto, se a hidratação é importante o ano inteiro, nesta altura é crucial, principalmente nas idas à praia, à piscina ou simplesmente quando exposto ao sol.

 

VEJA TAMBÉM: FACTOS NUTRICIONAIS DO TOMATE (OU PORQUE O DEVE INCLUIR SEMPRE NA DIETA)

 

Tente, sempre que possível, manter o consumo de pelo menos 2 litros de água por dia. Podendo, ou não, complementar com água de coco ou sumos de frutas e vegetais frescos não açucarados, os ditos sumos detox ou funcionais. Para quem não gosta de água, pode apostar no aumento de consumo de líquidos com o recurso a chás, infusões ou tisanas frias ou de água aromatizadas ou detox.  Por serem uma fonte complementar vitaminas, minerais e de flavonoides, hidratam e reagem contra os radicais livres.

 

Este ano, não se esqueça e aposte nos alimentos certos e potencialize o bronzeado natural da sua pele de forma natural e duradoura! Para ter resultados positivos e um bronzeado natural, comece a consumir estes e outros alimentos ricos em betacaroteno pelo menos uma semana antes da exposição ao sol.

 

Mas, não se esqueça, respeite o sol! Não se exceda, mesmo quando o objetivo é bronzear, procure sempre proteger a pele com um bom protetor solar e evite as horas de maior calor (tente evitar a exposição solar direta entre as 11h e as 16h).

 

Para além do protetor solar, é também importante o uso de chapéus, bonés e óculos de sol, para aproveitar o verão e conquistar o bronzeado natural sem prejudicar sua saúde.

 

Agora que já sabe os meus segredos, quais vão ser os seus planos para o verão?

Artigo anterior

Cuidados a ter com os cabelos no verão

Próximo artigo

Lamego celebra o passado com “As Cortes de Lamego”