Home»BEM-ESTAR»NUTRIÇÃO»Alimentação durante a menstruação: o que comer e evitar para atenuar sintomas

Alimentação durante a menstruação: o que comer e evitar para atenuar sintomas

Para muitas mulheres, o período menstrual é acompanhado de cólicas menstruais, inchaço, fadiga, alterações de humor e aumento do apetite. A nutricionista Patrícia Bendada Gonçalves indica os alimentos a evitar e os que deve privilegiar, de modo a favorecer ou minimizar os sintomas associados a este período.

Pinterest Google+

CONSUMIR:

Banana – Fonte potássio, alivia a retenção de líquidos.

 

Brócolos – Fonte de ferro, ácido fólico, cálcio, potássio e vitaminas A, C, K, são um aliado para quem sofre de dores de cabeça nesta fase.

 

Salmão, nozes, sementes de linhaça – Alimentos ricos em ómega-3, ácido gordo essencial polinsaturado, que auxilia no combate da depressão e no controlo do peso.

 

Chocolate – Fonte de triptofano e magnésio, ajuda no alívio dos sintomas de stress e mau humor.

 

Chá de camomila, cidreira e passiflora – Chás calmantes que amenizam as cólicas, a ansiedade e a tensão pré-menstrual.

 

 

VEJA TAMBÉM: ENXAQUECA É A CEFALEIA PRIMÁRIA MAIS CONHECIDA E INCAPACITANTE

 

EVITAR:

Café, chá verde e preto – Bebidas estimulantes, encontram-se associadas a insónias, alteração de humor e irritabilidade.

 

Grãos refinados – Interferem nos níveis de açúcar no sangue e no controlo do apetite entre as refeições, uma vez que perdem muitos dos seus nutrientes originais durante o processo. Opte por grãos integrais quando consumir pão, massa ou arroz para que minimize as cólicas menstruais.

 

Álcool – Bebidas alcoólicas devem ser evitadas por intensificar sintomas como dores de cabeça e abdominais e depressão.

 

Sal – Alimentos ricos em sódio, como alimentos processados, potenciam a retenção de líquidos, aumentando a sensação de inchaço.

 

Por Patrícia Bendada Gonçalves

Nutricionista em ginásios da rede Vivafit

 

Artigo anterior

12 segredos dos casais felizes

Próximo artigo

Naomi Campbell faz a sua primeira campanha Calvin Klein aos 49 anos