Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Alimentação dos pais pode influenciar a saúde dos filhos

Alimentação dos pais pode influenciar a saúde dos filhos

O estilo de vida e os fatores ambientais, como o estado nutricional de uma pessoa, podem moldar a informação dos gâmetas e, assim, modificar o comportamento alimentar da próxima geração.

Pinterest Google+

Há evidências crescentes de que o estilo de vida dos pais e do ambiente em que vivem, mesmo muito tempo antes de serem pais, pode influenciar a saúde dos filhos. Uma equipa de investigadores da Fundação Centro para a Investigação Metabólica Básica debruçou-se sobre o tema.

 

Os investigadores compararam, em laboratório, as células do esperma de treze homens magros e de dez homens obesos. Descobriram que as células de esperma dos homens magros e obesos, respetivamente, possuem diferentes marcas epigenéticas que podem alterar o apetite da próxima geração, segundo o jornal de medicina ‘Metabolismo Celular’.

 

Veja a galeria: Grandes mitos na alimentação

 

Uma segunda descoberta foi feita quando a equipa de investigadores acompanhou seis homens um ano antes e após a colocação de uma banda gástrica (uma intervenção cirúrgica que permite a perda de peso efetiva), para descobrir de que forma a cirurgia afetou a informação epigenética contida nas células do esperma destes homens. Os investigadores observaram cerca de quatro mil mudanças estruturais no ADN das células do esperma em relação ao antes, imediatamente após e um ano depois da cirurgia.

 

«Precisamos de examinar com mais profundidade o significado destas diferenças, mas esta é uma evidência de que o esperma carrega informação acerca do peso do homem. Os nossos resultados implicam que a perda de peso no pai pode influenciar os hábitos alimentares dos futuros filhos», disse Romain Barrès, um dos investigadores, à ‘Science Daily’.

Artigo anterior

Aston Martin DB10 de James Bond leiloado pela Christie’s

Próximo artigo

Cada um vê o que quer