Home»VIDA»ALTERNATIVAS»Alergias e ayurveda: para uma primavera mais calma

Alergias e ayurveda: para uma primavera mais calma

As alergias tornaram-se cada vez mais comuns. Fisicamente são desequilíbrios que podem surgir subitamente, variando a sua resposta entre uma sensação ligeiramente desconfortável e uma reação que pode ser fatal. Embora as reações alérgicas geralmente ocorram repentina e agudamente, a ayurveda ajuda a revelar a forma como a tendência para uma reação se agrava no corpo. Conheça ainda ervas para o tratamento de alergias.

Pinterest Google+

A alergia e a mente

Na mente, a alergia revela uma forma de defesa do corpo quando se confronta com algo externo que se assume como ameaçador (quando na verdade, é muitas vezes algo inócuo). Na sua mente a pessoa sente-se de alguma forma agredida, construindo por isso uma couraça protetora. A origem da alergia pode ter sido marcada por um acontecimento emocional significativo em que interiormente a pessoa associou uma substância inofensiva a uma situação emocionalmente dolorosa. A pessoa alérgica é convidada a aprender a confiar na vida, e a libertar-se dos seus receios e debilidades para desbloquear a sua alergia.

 

A alergia na ayurveda

A manifestação alérgica é mencionada sob o conceito de Saatmyaasatmya na Ayurveda. Satmya são as substâncias que o organismo tolera e as quais está habituado a assimilar devido a um consumo regular. Estas substâncias trazem conforto, ao mesmo tempo que mantêm a saúde dos tecidos, e tornam o anormal em normal; satmya são os chamados bons alimentos. Asâtmya são substâncias não toleradas pelo organismo, e que geram hipersensibilidade, reacções tóxicas e alérgicas quando tomadas em determinadas quantidades. Após a ingestão de alimentos não tolerados tornam-se visíveis sintomas de doença no organismo. Alguns alimentos como o sal, as pimentas e medicamentos não são tolerados pelo organismo em grandes quantidades, e não é possível ganhar habituação aos mesmos, mesmo com o uso prolongado. É conveniente evitar-se o uso excessivo dessas substâncias.

 

 VEJA TAMBÉM: ESTAS SÃO AS ALERGIAS ALIMENTARES MAIS COMUNS

 

Uma alergia pode acontecer devido a um desequilíbrio inerente do dosha causado por fatores internos e externos. Internamente, alergias manifestam-se devido à exposição a Asaatmya ahara-vihara. Isso significa aquilo que é incompatível com um indivíduo em particular. Eles também podem resultar de virudha ahar (alimentos incompatíveis consumidos simultaneamente), ama (toxinas alimentares formadas devido à digestão incompleta) e vihar (um estilo de vida pouco saudável). Externamente, o contato com diferentes materiais tóxicos ou alérgenos pode causar reações na forma de alergias.

 

Como resultado desses fatores causais, o Kapha e o Pitta, juntamente com o rasa, que é o plasma e outros sistemas de fluidos inter e intracelulares, incluindo a linfa e o rakta (tecido sanguíneo), podem ficar desequilibrados.

 

As três bioenergias e as alergias

Se o Vata também estiver aumentado a reação alérgica é aguda devido aos fatores acima mencionados, como no caso de rinite alérgica, asma e anafilaxia (reação alérgica extrema). A manifestação também pode incluir sintomas de constrição, como o chiado, que é devido ao estreitamento da árvore brônquica ou dor de cabeça, bem como espirros, zumbidos nos ouvidos, uma queda na pressão arterial e outros desconfortos do tipo Vata.

 

 VEJA TAMBÉM: CHEGOU A ESTAÇÃO DAS ALERGIAS. SABE PORQUÊ?

 

As alergias agravadas com Pitta geralmente ocorrem quando as qualidades quentes e afiadas de um alérgeno entram em contato com a pele e, posteriormente, entram na corrente sanguínea. Por conseguinte, as alergias predominantes em Pitta são frequentemente reações à pele tais como urticária, erupção cutânea, comichão, dermatite alérgica, eczema e podem também envolver olhos vermelhos. No trato gastrointestinal, as alergias a Pitta podem causar azia, indigestão ácida, dores de estômago, náuseas ou vómitos. Os sintomas de reações alérgicas na pele são mencionados como Sheetapitta-Udarda-Kotha, marcado por erupções cutâneas.

 

As alergias do tipo Kapha são as mais prováveis de serem exacerbadas durante a primavera, devido ao ataque de alérgenos à base de pólen. Os sintomas da alergia Kapha incluem irritação das membranas mucosas, febre dos fenos, erupções pruriginosas, tosse, sinusite, retenção de frio e água. Estes tipos de alergias podem ser agudos se acompanhados com o Vata, ou podem ser uma reação latente do corpo aos alérgenos.

Artigo anterior

Santini abre as portas e partilha segredos de fabrico com 70 anos

Próximo artigo

Já lhe aconteceu deparar-se com estes números repetidamente?