Home»FOTOS»Airbnb procura cinco voluntários para participar numa expedição científica na Antártida

Airbnb procura cinco voluntários para participar numa expedição científica na Antártida

Os cinco voluntários selecionados vão recolher amostras de neve e estudar de que forma é que os microplásticos chegaram ao interior da Antártida. Não são necessárias qualificações específicas. Basta apenas que tenha um espírito aventureiro, paixão pelo meio ambiente e vontade de participar neste projeto. Os residentes em Portugal, maiores de 18 anos, podem concorrer. A expedição vai ter lugar no final de 2019.

Pinterest Google+

A Airbnb e a Ocean Conservancy acabam de anunciar o programa Período Sabático, uma oportunidade única, sem precedentes, para cinco pessoas a quem interesse a ideia de viajar, em dezembro, para o continente mais remoto do Planeta e juntarem-se à cientista antártica, Kirstie Jones-Williams, numa missão de pesquisa científica nunca feita.

 

Os cinco voluntários selecionados vão recolher amostras de neve e estudar de que forma é que os microplásticos chegaram ao interior da Antártida. O objetivo do Período Sabático é consciencializar a população sobre o impacto dos seres humanos no clima de um dos ecossistemas menos estudados e mais isolados do mundo. Ao perceberem o impacto da poluição de plástico produzida noutros continentes, os voluntários vão poder ajudar o resto do mundo a compreender melhor de que forma se pode proteger a Antártida e o planeta. Veja algumas imagens do que o pode esperar na galeria acima.

 

«A maioria das pessoas tem a ideia de que a Antártida é um continente isolado e impoluto, mas algumas descobertas recentes têm mostrado que, até mesmo os lugares mais remotos, são afetados pela poluição do plástico. Esta expedição vai-nos ajudar a compreender a viagem que os microplásticos fazem até chegar a regiões longínquas, como a Antártida, e surge num momento crítico, em que destacamos a responsabilidade que devemos ter na proteção do ambiente natural em que vivemos», refere Jones-Williams. «Esta expedição não vai ser fácil: vai exigir um grande rigor científico, em condições de inverno muito rigorosas. Estamos à procura de pessoas apaixonadas pelo que fazem, que se sintam cidadãos do mundo e que estejam entusiasmadas com a ideia de se juntarem a esta equipa e regressarem com novas descobertas para partilharem com o mundo». Veja o vídeo abaixo, em inglês.

 


A expedição terá a duração de um mês e vai realizar-se da seguinte forma:

Os voluntários vão participar numa formação intensiva em Punta Arenas, no Chile, onde vão ter uma preparação através de cursos de Glaciologia e recolha de amostras, bem como de trabalho de laboratório e do manuseamento de equipamentos. Depois, vão voar para a Antártida, para iniciar a missão científica. Vão aterrar numa pista de gelo azul natural, localizada no interior do continente, onde vai desenvolver-se a investigação.  Vão recolher amostras de neve do interior da Antártida e estudar microfibras estranhas, para determinar quão longe têm viajado os resíduos e a contaminação por todo o planeta.  Vão ter a oportunidade de visitar o Polo Sul, onde vão dar a volta ao mundo em apenas alguns passos.

 

Também vão ter a oportunidade de explorar a beleza de alguns lugares emblemáticos da Antártida, como a Drake Icefall, Charles Peak WindScoop e o Elephant’s Head, para saber mais sobre a geografia do continente. Por fim, vão regressar ao Chile, para continuarem a estudar as suas descobertas e onde vão trabalhar com a Ocean Conservancy, para incentivar a proteção dos oceanos e, através de recomendações à comunidade Airbnb e a outros grupos, ajudar a minimizar a pegada de plástico no mundo.

 

VEJA TAMBÉM: AS 20 CIDADES COM AS VISTAS MAIS BONITAS DO MUNDO

 

A Airbnb compromete-se a oferecer à sua comunidade a opção de viajar de forma sustentável durante toda a sua estadia. Neste sentido, a Airbnb vai colaborar com a Ocean Conservancy para poder utilizar os resultados da Expedição “Um período sabático na Antártida”, com o objetivo de continuar a aprender e a defender a proteção do meio ambiente. A Airbnb também está a desenvolver uma avaliação para medir e compreender o impacto da sua atividade no meio ambiente e descobrir soluções para a redução da sua pegada. Estas são iniciativas que estabelecem as bases dos compromissos que vão ser adotados no futuro e do objetivo de se tornarem líderes em viagens sustentáveis.

 

«A parceria com a plataforma Airbnb na Expedição “Um período sabático na Antártida”, é uma oportunidade incrível para continuar a nossa luta contra o plástico nos oceanos e aumentar a consciencialização das pessoas sobre esta questão», refere Janis Searles Jones, CEO da Ocean Conservancy. Para se candidatar à Expedição Antártida, visite airbnb.com/sabbatical e preencha o formulário de candidatura.

 

Nota: Antes de se candidatar, leia atentamente os termos de seleção disponíveis no site. Os candidatos devem ter mais de 18 anos, estar disponíveis para viajar para o Chile e para a Antártida a partir de novembro até dezembro de 2019, para realizar trabalho voluntário, e serem capazes de falar inglês de forma fluente. A seleção final dos cinco voluntários vai ser anunciada no dia 30 de outubro de 2019. O período sabático está aberto a residentes nos seguintes países e regiões: Argentina, Áustria, Austrália, Bélgica, Brasil, Canadá, Chile, China, Dinamarca, Dubai, França, Alemanha, Irlanda, Índia, Itália, Hong Kong, Japão, Coreia do Sul, Malásia, México, Países Baixos, Nova Zelândia, Noruega, Portugal, Rússia, Singapura, África do Sul, Espanha, Suécia, Suíça, Taiwan, Tailândia, Reino Unido e EUA. 

 

 

 

 

Artigo anterior

A profissão ideal para cada signo

Próximo artigo

Portugal vai ter recomendações nacionais de atividade física