Home»FOTOS»Afinal, comer queijo todos os dias até faz bem à saúde

Afinal, comer queijo todos os dias até faz bem à saúde

Parece um contrassenso, mas não é: comer queijo faz bem ao coração, segundo uma nova revisão de estudos que teve em conta dados de mais de 200 mil pessoas durante dez anos. Uma boa notícia para os amantes de queijo.

Pinterest Google+
PUB

Por ser rico em gordura, o queijo foi posto do lado dos alimentos a comer com muita moderação. Porém, uma nova revisão de 15 estudos vem agora dizer que comer queijo todos os dias, afinal, até faz bem à saúde, nomeadamente por reduzir o risco de doença cardíaca e de acidente vascular cerebral.

 

A nova revisão foi realizada por pesquisadores da Holanda e da China e englobou a análise de dados de mais de 200 mil pessoas durante dez anos. No geral, as pessoas que consumiam queijo tinham um risco 14% menor de desenvolver doença cardíaca coronária e 10% menos de probabilidade de ter um acidente vascular cerebral do que aqueles que raramente ou nunca comiam queijo.

 

VEJA TAMBÉM: LEITE: AFINAL É BOM OU MAU?

 

A relação, no entanto, era em forma de U e não linear, o que significa que quantidades maiores de queijo não eram necessariamente melhores. As pessoas que tiveram os menores riscos de doenças cardíacas e acidentes vasculares cerebrais foram aquelas que consumiram, em média, cerca de 40 gramas por dia. Porém, isto não é o mesmo que comer pizza todos os dias, alertam os especialistas.

 

Ressalta-se, no entanto, que o estudo só conseguiu encontrar uma associação entre o consumo de queijo e o menor risco destas doenças, em vez de uma relação de causa e efeito. Pode ser que as pessoas que comem queijo diariamente sejam mais saudáveis no geral.

 

VEJA TAMBÉM: A GUERRA DAS CALORIAS NATALÍCIAS. QUEM VENCE NESTAS 10 BATALHAS?

 

O queijo, tal como outros produtos lácteos, contém altos níveis de gordura saturada – que tem sido associada a colesterol elevado, à aterosclerose e ao aumento do risco de doença cardíaca. Mas este alimento também contém ingredientes potencialmente benéficos como cálcio, proteína e probióticos (redutores de inflamação), escreveram os autores do novo artigo, publicado na edição de dezembro do Jornal Europeu de Nutrição. O queijo também contém ácido linoleico conjugado (CLA), um ácido gordo insaturado que pode aumentar a quantidade de HDL, o “bom” colesterol, e diminuir os níveis de LDL, o mau colesterol.

 

Há vários tipos de queijos, mas os diferentes estudos analisados não especificam o tipo ou tipos em questão, pelo que os especialistas indicam que é necessária mais pesquisa para saber se certas variedades possuem mais benefícios (ou riscos) para a saúde do que outros. No geral, porém, a notícia é boa para os amantes de queijo. Veja agora, na galeria acima, vários benefícios do queijo segundo os nutricionistas.

Artigo anterior

À Capucha!: a capa portuguesa à prova de tudo e de todos

Próximo artigo

OMS: Casos de demência podem triplicar em 30 anos