Home»FOTOS»Afinal, beber sumos de fruta não aumenta níveis de açúcar no sangue

Afinal, beber sumos de fruta não aumenta níveis de açúcar no sangue

Uma nova investigação realizada nos Estados Unidos diz que beber 100% de sumo de fruta não tem um efeito significativo na glicemia no sangue, logo, não aumenta o risco de diabetes como por vezes é comunicado.

Pinterest Google+
PUB

Comer a fruta e não beber apenas o seu sumo é amplamente recomendado pelos nutricionistas, por se perder a fibra e por se ter de usar muitas peças de fruta para completar um sumo, e isso acrescenta muito açúcar ao alimento. Mas, afinal, os níveis de açúcar no sangue não aumentam com esta ingestão, segundo um novo estudo publicado no ‘Jornal de Ciências da Nutrição’, EUA. Assim, beber 100% de sumo não tem um efeito significativo na glicemia no sangue em jejum, na insulina no sangue em jejum ou na resistência à insulina, revela a investigação.

 

Os resultados são consistentes com pesquisas anteriores, indicando que o sumo de fruta 100% não está associado a um risco aumentado de desenvolver diabetes tipo 2 e confirma um crescente número de evidências de que o sumo de fruta 100% não tem efeito significativo no controle glicémico.

 

VEJA TAMBÉM: PEQUENAS COISAS QUE A FAZEM ENGORDAR SEM DAR POR ISSO

 

Uma análise detalhada dos dados avaliou quantitativamente a relação entre beber 100% de sumo e a presença de glicose no sangue. Usando níveis de glicemia no sangue em jejum e níveis de insulina no sangue em jejum como biomarcadores para risco de diabetes, a revisão sistemática incluiu 18 ensaios clínicos para avaliar o impacto de 100% de sumo de frutas, como maçã, citrinos, uvas e romã.

 

Segundo o estudo, o consumo de sumo de fruta 100% não teve efeito significativo sobre a glicemia em jejum em comparação com o tratamento de controlo (-0 · 13 (95% CI -0,28 01) mmol / l; P = 0, 07).

 

VEJA TAMBÉM: NATUREZA TERAPÊUTICA: 15 PLANTAS QUE VÃO MELHORAR A SUA VIDA

 

Em conclusão, os dados indicam que «a ingestão repetida de sumo de fruta 100% não tem um efeito significativo no controlo glicémico ou nas medidas de resistência à insulina. Estas descobertas de marcadores para diabetes são consistentes com outras s de alguns estudos observacionais sugerindo que o consumo de sumo de fruta 100% é neutro em relação ao risco de DT2. Os resultados de análises estratificadas e meta-regressões também mostraram, em grande parte, nenhuma associação significativa entre 100% de sumo de fruta e as medidas de controlo de glicose», pode ler-se no estudo publicado.

 

Veja de seguida, no início do artigo, várias receitas de sumos detox feitos com fruta e vegetais recomendadas por nutricionistas.

 

 

 

Artigo anterior

Lua, sustentáculo da vida

Próximo artigo

Go Foodies, o projeto nacional que alia gastronomia e ciência chega hoje a Madrid