Home»BEM-ESTAR»COMPORTAMENTO»Acorda cansado e sem energia e não sabe o que fazer para mudar isso?

Acorda cansado e sem energia e não sabe o que fazer para mudar isso?

Acorda sem vontade de se levantar? Acorda cansado(a) da noite de sono, que não foi reparador, e sem energia para enfrentar um novo dia neste novo mundo de COVID-19 e pandemia? Se sim, então recomendo que leia este artigo até ao fim.

Pinterest Google+
PUB

Quando o mundo vivia os dias na sua rotina diária pré-pandemia, já muitas pessoas sentiam falta de energia logo pela manhã. Acordar cansado(a) e sem forças ou motivações para enfrentar o novo dia que ia iniciar já era uma realidade na rotina de muitas pessoas.

 

No mundo de hoje, acompanhado por esta pandemia que continua a entrar diariamente nas nossas vidas, seja pelas notícias frequentes, pelas medidas e restrições de proteção social, seja pelas novas rotinas impostas no trabalho (ou teletrabalho), seja nos simples gestos impedidos que fazem de nós humanos, como cumprimentar com beijos e abraços alguém que nos é querido, seja na vida social que passou a ser à distância (ou deixou de haver), o cansaço matinal tem vindo a ser cada vez mais uma realidade e passou a fazer parte da vida de muitas pessoas.

 

Quando alguém acorda assim, tem a tendência de partilhar com outras pessoas o que sente e o que está a acontecer.

 

VEJA TAMBÉM: CANSA-SE COM FACILIDADE? POR VEZES, BASTAM SIMPLES CORREÇÕES

 

Sugestões para acabar com o cansaço

Primeira sugestão que partilho, se acorda cansado(a), não pense que está cansado(a), não diga que está cansado(a) nem sinta que está cansado(a). Reformule o pensamento e substitua o “estar cansado(a)” por “reforçar energia”. Um exemplo de pensamento habitual é: “Sinto-me cansado(a)”. Um exemplo de pensamento fortalecedor é: “Vou carregar a minha energia”.

 

Na verdade, o cansaço representa falta de energia. O que acontece é que dizendo “estou cansado(a)” nós já estamos a focar a nossa mente para agir e condicionar os nossos comportamentos ao estado de nos sentirmos cansados. Estamos a programar a forma de pensar, sentir e agir em congruência com o cansaço que referimos, assumimos e aceitamos como facto verdadeiro. No entanto, quando substituímos essa afirmação pela expressão “vou carregar a minha energia”, focamos a nossa mente em energia e subtilmente orientamos o nosso comportamento para a ação.

 

A nossa mente é constantemente estimulada por tudo o que acontece à nossa volta. Os estímulos que ela capta são maioritariamente congruentes com o nosso foco. Por exemplo, quando uma mulher está grávida, quando vai a passear na rua vê muitas grávidas. Será que há mais grávidas do que o normal? Não. Mas a sua mente como tem sido focada nos assuntos relacionados com gravidez está mais “atenta” aos estímulos relacionados com esse assunto.

 

O mesmo acontece quando decidimos comprar um carro novo de uma determinada marca x. Quando vamos na rua vemos imensos carros da marca que desejamos comprar. Será que há mais carros daquela marca? Não. A nossa mente é que está mais atenta a essa marca de automóveis e por isso nos apercebemos deles.

 

VEJA TAMBÉM: SENTE CANSAÇO MENTAL? ALIMENTE O SEU CÉREBRO DA MELHOR FORMA

 

Ora, o que acontece então quando dizemos, pensamos ou sentimos que acordamos cansados? A nossa mente vai encontrar motivos para justificar esse cansaço. No entanto, se dissermos que vamos reforçar a nossa energia, a nossa mente vai estar atenta a estímulos para ganharmos energia. Por outro lado, vai ser estimulada para agir de forma a realizar o que disse: reforçar a energia.

 

Segunda sugestão que partilho, se o que sentimos (cansaço) não é o que queremos sentir, temos de o contrariar. Temos de assumir o comando do nosso dia, do nosso momento e fazer coisas que nos façam ganhar energia.

 

Imagine que está muito cansado(a) a assistir a um jogo de Portugal e a nossa seleção marca o golo da vitória, o que faz? Grita golo e levanta os braços em ‘V’ quando festeja o golo pois é? O que acontece à sua energia? Fica imediatamente recarregada. Assim sendo, a sugestão que lhe deixo para mudar o estado de cansaço para se sentir com mais energia, é fazer algo que goste. Cante, dance, brinque ou faça algo que (o)a divirta e o(a) faça sentir bem. Faça o que faria se o seu telemóvel estivesse a ficar sem bateria. Carregue a sua energia.

 

 

Terceira sugestão que partilho, evite ver ou ouvir notícias sobre coisas negativas. Faça por pensar coisas que a façam sentir alegria e a façam sorrir. Se se está a perguntar porque será que isto está relacionado com o acordar sem energia?

Tudo que nos rodeia que nos remete para emoções e pensamentos negativos, faz-nos sentir emoções negativas e como consequência, acontece uma “fuga” de energia gasta desnecessariamente. Por outro lado, se sentirmos emoções positivas, a nossa energia fica como que revitalizada.

 

Quarta e última sugestão que partilho, pratique a gratidão. Seja grato(a) pela cama onde dorme, pelo ar que respira, pela saúde que tem ou pela água do banho… São tantos os motivos para sentir gratidão. Esta emoção tem um impacto curativo e tranquilizador em nós.

 

Apesar da minha formação em psicologia e anos de estudo do comportamento humano, houve momentos na minha vida em que eu acordava sem energia. Não basta nós termos o conhecimento, é essencial colocarmos em prática. Desafie-se a fazer de forma diferente e atreva-se a sair da sua rotina. Se quer acordar com energia, sorriso no rosto e motivação para viver um dia feliz e abundante, assuma o comando da sua vida.

 

Por Márcia Melo

Coach e psicóloga

https://marciademelo.com/ 

 

 

 

 

Artigo anterior

Alergias de primavera: saiba atenuar os sintomas

Próximo artigo

Cuidados de saúde: humanização no atendimento