Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Ação formativa sensibiliza população para as plantas invasoras em Portugal

Ação formativa sensibiliza população para as plantas invasoras em Portugal

Iniciativa a decorrer no Jardim Botânico da Ajuda, em Lisboa, é uma das inúmeras ações da Primeira Semana Ibérica sobre Espécies Invasoras, para sensibilizar a população para os riscos das invasoras para a biodiversidade local.

Pinterest Google+
PUB

O que são plantas invasoras? Quais são as principais espécies de plantas invasoras em Portugal? Como as identificar? Estas e outras perguntas poderão obter resposta na ação de sensibilização e formação sobre plantas invasoras que vai ter lugar no Jardim Botânico da Ajuda, em Lisboa, a 5 de junho.

 

A iniciativa decorre no âmbito da Primeira Semana Ibérica sobre Espécies Invasoras, organizada pela Rede Portuguesa de Estudo e Gestão de Espécies Invasoras – Rede InvECO, pela plataforma INVASORAS.PT e pelos projetos LIFE STOP Cortaderia e LIFE INVASAQUA, mas é realizada em estreita colaboração com as entidades promotoras das atividades.

 

VEJA TAMBÉM: CIENTISTAS IDENTIFICAM PELA PRIMEIRA VEZ AS 272 ESPÉCIES INVASORAS EM ÁGUAS INTERIORES DE PORTUGAL E DE ESPANHA

 

Recorde-se que as espécies invasoras são uma das principais ameaças à biodiversidade a nível global e promovem outros impactes significativos a nível ambiental e socioeconómico. No âmbito dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU a atingir até 2030, a Meta 15.8 prevê implementar medidas para evitar a introdução e reduzir significativamente o impacte de espécies exóticas invasoras nos ecossistemas terrestres e aquáticos, e controlar ou erradicar as espécies prioritárias.

 

Neste âmbito, «os cidadãos têm um papel relevante não só na prevenção das invasões biológicas, mas também na mitigação dos seus impactes. No entanto, esta temática continua a ser desconhecida de grande parte da população. Neste contexto, a SIEI 2021 pretende contribuir para aumentar o conhecimento e sensibilização sobre este tema», informa a organização em comunicado.

 

jacinto de água

Em Portugal, estão listadas mais de 300 espécies exóticas invasoras, entre plantas e animais, como é o caso da mimosa e do jacinto-de-água. A nível global, segundo a IPBES – Intergovernmental Platform on Biodiversity and Ecosystem Services, as espécies exóticas invasoras são a 5ª ameaça à biodiversidade, com impactes a nível ambiental e socioeconómico nos territórios.

 

A decorrer desde 29 de maio até 6 junho, os cidadãos podem pesquisar a localidade em Portugal e Espanha e a ação em que querem participar.

 

VEJA TAMBÉM:

Acácias, penachos e jacintos-de-água: quando belas plantas invadem e destroem a biodiversidade portuguesa

 

Artigo anterior

Quer emagrecer? Não se foque só no peso

Próximo artigo

Garum: molho de peixe da época romana volta a ser produzido em Tróia 15 séculos depois