Home»VIDA»CASA & FAMÍLIA»Academia Americana de Pediatria revê uso de tecnologias por parte das crianças

Academia Americana de Pediatria revê uso de tecnologias por parte das crianças

Os dispositivos eletrónicos fazem parte da realidade quotidiana dos nossos dias. Ao invés de banir o seu uso pelos mais pequenos - algo irreal, de facto - o melhor é fazer recomendações para que o seu uso seja seguro. Recomendações a ler, sobretudo com as férias de Natal à porta e o tempo pouco convidativo a saídas.

Pinterest Google+

A Academia Americana de Pediatria deitou abaixo a recomendação que bania a visualização de televisão ou de outros dispositivos com ecrã por parte de crianças com menos de dois anos e criou um guia apropriado para esta nova audiência (ver orientações na galeria acima).

 

Ainda assim, os pais precisam de saber como usar os dispositivos para que estes não se tornem os ‘baby-sitters’ dos filhos, diz Sara Lee, pediatra no Hospital Universitário Rainbow Babies & Children. «A maioria de nós usa os dispositivos eletrónicos todos os dias», afirma a pediatra. «É assim que interagimos com o mundo e é como aprendemos coisas novas. As crianças terão de saber como usar estes dispositivos de forma saudável e eficaz. Estas (novas) diretrizes dão aos pais muito mais orientação sobre como usar os meios de comunicação com seus filhos em casa».

 

Veja também: «As nossas casas estão cada vez mais tóxicas, tecnológicas e mecanizadas»

 

Embora as diretrizes se concentrem principalmente nos hábitos e no tempo despendido à frente dos ecrãs, Sara Lee acredita que os hábitos dos pais também são importantes, na medida em que a criança tem tendência para imitar o pai e a mãe.

 

Veja agora na galeria, no topo deste artigo, as novas recomendações da Academia Americana de Pediatria para o uso de dispositivos por parte dos mais pequenos da família.

 

Artigo anterior

Estudo: O Facebook ajuda a emagrecer

Próximo artigo

Alimento é vida – letra C