Home»GLAMOUR»BELEZA»Abdominoplastia: como ter uma barriga perfeita?

Abdominoplastia: como ter uma barriga perfeita?

Se já pensou ou está a pensar submeter-se a uma abdominoplastia, saiba em que consiste esta cirurgia, a quem se destina, quais as contraindicações e como se processa o pós-operatório e o regresso à rotina.

Pinterest Google+

Muitos homens e mulheres vão acumulando gordura na região abdominal ao longo dos anos e a remoção dessa gordura é insuficiente para restabelecer a forma ideal. É assim necessário aliar a remoção de gordura à excisão do excesso de pele criado para acompanhar o aumento de peso, podendo também corrigir o afastamento dos músculos reto-abdominais devolvendo-lhes a tonicidade desejada.

 

Como cirurgião plástico, gostaria primeiro de referir o conceito desta cirurgia. A abdominoplastia é uma cirurgia plástica de contorno corporal abdominal que permite reconstruir a parede abdominal muscular e desenhar uma silhueta mais definida e esteticamente mais perfeita.

 

Recomendo esta cirurgia a pessoas que tenham perdido muito peso, mulheres que tenham sido mães recentemente ou que já tenham tido vários filhos. Por vezes, após a gravidez, o corpo não regressa exatamente à sua forma original, subsistindo algum afastamento dos músculos abdominais. Nestes casos a abdominoplastia é uma solução que pode mudar a vida e a autoestima de um paciente.

 

Existe também a possibilidade de efetuar uma lipoabdominoplastia. E o que é?  Trata-se de um procedimento da cirurgia plástica que associa dois tipos de procedimentos, a lipoaspiração e a abdominoplastia.  A lipoabdominoplastia é indicada quando, para além de excesso de volume abdominal, também existe excesso de volume nos flancos e no dorso.

 

Em casos de obesidade mórbida a abdominoplastia é contraindicada, pois não provoca a perda de peso, é apenas complementar a um processo de emagrecimento. A abdominoplastia também não é recomendada a mulheres que pretendam engravidar futuramente, uma vez que as alterações corporais decorrentes da gravidez podem pôr em causa os resultados da cirurgia.

 

Quer a abdominoplastia quer a lipoabdominoplastia são cirurgias indicadas para pacientes que pretendam remover o excesso de gordura e pele na região abdominal. Ambas as cirurgias duram em média 2h, sendo administrada uma anestesia geral ou sedação com epidural nos dois procedimentos.

 

Um paciente que recorra a uma abdominoplastia ou a uma lipoabdominoplastia terá de ter um período de internamento obrigatório de uma noite. Após realizar uma abdominoplastia ou uma lipoabdominoplastia deve ter em conta alguns cuidados pós-operatórios, tais como a utilização de cinta durante um período de 3 semanas e as drenagens linfáticas manuais que são obrigatórias.

Claro que uma dieta equilibrada e o exercício físico regular ajudam a manter os resultados ao longo do tempo. O resultado destas cirurgias é definitivo e atingível ao fim de 3 a 6 meses de recuperação. Com a minha experiência ao longo dos anos refiro sempre que caso seja fumador(a) terá de deixar de fumar durante os 2 meses que antecedem a cirurgia.

 

As queixas mais frequentes no pós-operatório são o desconforto e tensão abdominal, os quais desparecerão com o decorrer do tempo. Também poderá existir uma perda temporária de sensibilidade cutânea e/ou edema nos primeiros 6 meses.

 

Por fim, é importante referir que após realizar uma abdominoplastia ou uma lipoabdominoplastia poderá voltar ao trabalho ao fim de 2 a 3 semanas e retomar a atividade física ao fim de 6 semanas.

 

Artigo anterior

INDAGATIO, a nova marca portuguesa para quem vive a montanha

Próximo artigo

Grutas portuguesas entre as mais belas do mundo