Home»BEM-ESTAR»COMPORTAMENTO»A pressão diária é muita? Trabalhe estas formas de resistência

A pressão diária é muita? Trabalhe estas formas de resistência

Certamente já experienciou momentos de stress, seja no trabalho, na escola ou em relações. É algo inerente ao ser humano. No entanto, existem alguns métodos para não sucumbir à pressão e ter mais autocontrolo.

Pinterest Google+
PUB

Encare o autocontrolo como um músculo. Este pode ser desenvolvido e requer prática. Pense no momento e domine-se.

 

Planeie as tarefas mais difíceis para a manhã. Tem menos distrações e é quando a sua mente está mais fresca e ainda não teve que fazer nenhum tipo de decisões difíceis ou ainda não foi confrontada com muito stress.

 

Tenha noção de quando o seu trabalho é mais rentável. Cada pessoa tem o seu momento do dia em que a mente está mais perspicaz. Assim que tiver essa noção, planeie atividades que requeiram mais autocontrolo para esse horário.

 

Vá até à fonte do stress. Fale com um terapeuta ou encontre um ritual que a acalme e que combata o stress quando este aumenta. Pratique também este autocontrolo quando não está stressado porque assim, em tempos difíceis, fluirá com mais naturalidade.

 

Adote mecanismos de defesa. Pode ser correr, ligar à sua mãe, escrever um diário… O que melhor o ajudar. Isto pode ajudá-lo a absorver energias positivas quando sente que estas estão em baixo.

 

Escreva as suas metas/objetivos e coloque-as num lugar visível. Da próxima vez que entrar em stress depois de um dia difícil, esses objetivos irão lembrá-lo do porquê de trabalhar tão arduamente.

 

Tenha um amigo que se responsabilize por si, isto é, naqueles momentos de desespero em que a mente lhe prega partidas, é importante ter alguém que lhe dê uma “chapada” e que o traga de volta à realidade.

 

Aceite que não é perfeito. Ambicionar um autocontrolo absoluto será sempre uma batalha impossível porque o ser humano simplesmente não foi talhado para isso. Não se debata com pensamentos autodestrutivos, seja brando consigo mesmo – dê o seu melhor, ainda que este esteja longe da perfeição.

 

Artigo anterior

Centenas de milhões de mulheres vivem vidas ‘geridas por outros’

Próximo artigo

Os alimentos para uma alimentação mais equilibrada na primavera