Home»ATUALIDADE»ESPECIALISTAS»A nossa energia vem dos alimentos: conheça o poder da sua vibração

A nossa energia vem dos alimentos: conheça o poder da sua vibração

Compreender a nutrição é ser capaz de observar a força dinâmica contida no alimento e perceber a sua interacção com o nosso corpo e a nossa própria força vital.

19
Partilhas
Pinterest Google+

É na assimilação do alimento que se estabelece a relação íntima entre o alimento, o corpo e o meio ambiente. Para assimilarmos um alimento com sucesso, precisamos compreender que temos de receber a sua própria força, para dentro da nossa  própria força.

 

As vibrações do alimento ressoam com todos os níveis de energia da nossa estrutura mineral óssea. É o osso quem transmite a energia ressonante para o corpo todo. Essa ressonância é transmitida ao cérebro, aos chacras, ao sistema nervoso, à mente, ao coração, tal como o som de uma música que se propaga em nós e nos transmite calma ou energia e alegria. Assim é a ressonância da energia dos alimentos levada ao corpo.

 

Imagine abrir o seu frigorífico e encontrar alimentos vivos, cheios de côr, alegria, vivacidade, como se estivesse num jardim. Agora, abra mentalmente o seu congelador e dê.-se conta que acabou de entrar num necrotério, onde se guardam os defuntos em congelamento até ao dia do enterro. Ali já nada vive, apenas existe morte. Assim é o alimento congelado, está sem vida e pouco ou nada tem para nos transmitir…

 

Imagine o poder da clorofila de uma couve, verde, bem fresca, como o seu potencial, a sua vida. Poderá misturar-se com o seu corpo, as suas células e levar-lhe força e vitalidade. A energia desta couve é transmitida para si diretamente, se consumida quase crua, ou mesmo crua combinada num batido no começo do dia. A sua clorofila vai misturar-se com a sua hemoglobina, nas células, nos glóbulos vermelhos e com as estruturas iônicas no plasma do sangue.

 

As células do plasma e dos glóbulos vermelhos transferem a energia da planta diretamente para as células e as suas estruturas ósseas, que por sua vez as transmitem ao resto do seu corpo. Trata-se de energia versus energia, vida pura misturada e combinada entre campos vivos, cheios de vitalidade.

 

O  sais celulares ajudam na transferência da energia dos micronutrientes e vão estabilizar os seus padrões energéticos. As formas individuais dos açúcares simples,  e das proteínas semelhantes ao cristal, dos aminoácidos livres e dos ácidos gordos reorganizam-se ao receberem nutrientes vivos e reorganizam as energias negativas que geram em nós desarmonia, as quais alteram os nossos campos electromagnéticos (CEM).

 

Desta forma, podemos concluir e perceber que o alimento é um fornecedor, não só de nutrientes, mas também  de toda a energia dos nossos campos metabólicos. Imagine o que lhe acontecerá em poucos anos ao se alimentar quase exclusivamente de fast food?

 

Faça as suas escolhas e decida que tipo de vida e de saúde quer ter. Como quer transmitir a sua informação genética aos seus filhos, aos seus netos e aos seus bisnetos. Toda a alteração epigenética sofrida hoje irá modular a saúde dos seus descendentes num futuro próximo, até à quarta geração.

 

O seu alimento de hoje não só o afeta a si, mas também todos aqueles que de si nascerem…pense nisto e transforme-se num ser feliz, alegre, positivo, escolhendo todos os dias uma alimentação saudável, viva e colorida.

Artigo anterior

Cuidados para manter um cabelo sedoso no verão

Próximo artigo

Não deixe que as varizes estraguem o seu verão