Home»ATUALIDADE»ESPECIALISTAS»À mesa com… a tangerina

À mesa com… a tangerina

Além do conteúdo importante em vitamina C, fósforo e cálcio, a grande característica da tangerina é de ser grande fonte de magnésio. Conheça todos os benefícios para a sua saúde, e são imensos.

Pinterest Google+

A tangeria é uma fruta muito semelhante à laranja, mas mais pequena e espalmada na base. A casca é lisa, tem uma coloração alaranjada e brilhante e é bastante fácil de descascar com as mãos. Vulgarmente é consumida fresca, embora sejam conhecidas as conservas de gomos de tangerinas. A polpa tanto pode ser doce como muito doce.

 

A tangerina é uma fruta que tem muitos apreciadores, até porque existem muitas vantagens, é pequena, fácil de descascar e doce. É indicada para pessoas de qualquer idade e pode ser comida ao meio da manhã, ao lanche, ou como algumas pessoas preferem como sobremesa depois do almoço ou do jantar. É uma fruta rica em vitaminas, principalmente C, ácido fólico, possui sais minerais como potássio e magnésio, e é bastante saudável para o intestino.

 

Consumo

A tangerina pode ser ingerida na sua forma natural, ou seja, como fruta fresca. Mas também podemos encontrá-la na forma de gelados, sumos e doces (sobremesas). O tipo de fruta mais nutritivo é exactamente aquela tangerina que apresenta características arredondadas, de casca espessa e laranja forte, facilmente removível, e que oferece uma boa quantidade de sumo que é bastante nutritivo, doce e ácido (ao mesmo tempo).

 

VEJA TAMBÉM: ALIMENTOS AMIGOS DO ESTÔMAGO: UM GUIA SEMPRE EM DIA

 

Valor calórico

Não é muito calórica, apresentando aproximadamente 40 calorias por 100 gramas.

 

Valor nutricional

É uma fruta que apresenta uma grande quantidade de magnésio, uma quantidade razoável de sais minerais (cálcio, fósforo, sódio, potássio e ferro). E apresenta também vitaminas como, por exemplo, A, C e algumas do complexo B.

 

Por curiosidade o exemplo da tangerina prova mais uma vez que é na casca onde estão concentradas maiores quantidades de nutrientes, apresentando neste caso comparativamente em relação ao seu sumo percentagens muito maiores de vitamina A (700%), vitamina B1 (170%), riboflavina (220%), niacina (180%), vitamina C (290%), cálcio (800%), fósforo (140%) e ferro (400%).

 

Nota – o valor nutricional também varia de acordo com a espécie de tangerina.

 

VEJA TAMBÉM: JÁ COMEU FRUTA HOJE? A HORA CERTA PARA O FAZER

 

Benefícios para a saúde

Além do conteúdo importante em vitamina C, fósforo e cálcio, a grande característica da tangerina é de ser grande fonte de magnésio (como já referido anteriormente) para o ser humano. E é sobre a riqueza em magnésio que vou descrever alguns benefícios para a saúde da ingestão de tangerinas.

 

Um adulto contém aproximadamente de 20 a 28 gramas de magnésio, cerca de 60% localizados nos ossos, 26% nos músculos e a restante quantidade está espalhada pelos tecidos moles e pelas células.

 

O magnésio encontrado na tangerina é importante para a síntese das proteínas, contractilidade muscular, excitabilidade do sistema nervoso, além de ser um cofactor fundamental de vários sistemas/complexos enzimáticos, e ajuda ainda a controlar a temperatura corporal.

Este mineral ainda ajuda na:

 

– Acção antiarteriosclerótica

Apresenta uma Acão antiarteriosclerótica, porque intervém favoravelmente no metabolismo lipídico e nos mecanismos de formação e dissolução dos coágulos sanguíneos.

 

– Cálculos renais

Sabe-se que uma alimentação rica em espinafres, laranjas, tangerinas, pêras são parcialmente efectivas na prevenção de cálculos renais principalmente de oxalato de cálcio. A razão pela qual a tangerina previne a formação destes cálculos renais é devido à existência de ácido cítrico.

 

– Magnésio e tiróide

Sabe-se que o hipertiroidismo tóxico está associado a deficiência de magnésio sanguíneo que por sua vez está intimamente relacionado com um balanço negativo deste mineral no organismo. A hormona tiroideia tem uma acção estimuladora no transporte celular do magnésio.

 

Continua na próxima página…

Artigo anterior

História do lavrador que se tornou rei dos Visigodos serve de mote para dia de festa na Aldeia Histórica de Idanha-a-Velha

Próximo artigo

Mude de cabelo, mude de vida