Home»BEM-ESTAR»COMPORTAMENTO»A magia dos contos zen

A magia dos contos zen

Pinterest Google+

Procuro muitas vezes explicações para o sentido da minha vida ao ler os contos Zen. Não que sejam fáceis de digerir, mas porque são muito objetivos e temos a certeza que, quando os lemos, encontramos a resposta. O mais curioso é que a maior parte das respostas já existia antes dentro de nós, no exato momento em que fazemos a pergunta, só que, na maior parte dela,s a resposta é tão óbvia que nem queremos acreditar. Talvez porque a resposta para tudo, e quando digo TUDO é mesmo tudo, reside dentro de nós, e é a mais acertada.

 

Ontem tinha a cabeça num turbilhão de emoções, feliz pelas dádivas que tenho tido nos muito recentes tempos, e enervada, ao mesmo tempo, pelos percalços e desafios que a vida me coloca a toda a hora. Inspirei fundo, fechei os olhos, e procurei a resposta cá dentro, mas para me facilitar abri “ao calhas” um conto Zen. Se me ajudou? Sim, mas como um chá quente, ainda o estou a saborear. Achei apenas importante partilhar, porque vivemos com tanto ruído interior que às vezes é difícil ouvir o samurai que vive dentro de nós:

 

“Temos que estar totalmente despertos para apreciar o chá como deve ser. Temos que estar no momento presente. Apenas com a consciência no presente, as nossas mãos podem sentir o agradável calor da chávena. Apenas no presente podemos apreciar o aroma, sentir a doçura e saborear a delicadeza. Se estamos a lembrar o passado ou preocupados com o futuro, perdemos por completo a experiência de apreciar a chávena de chá. Olharemos para a chávena e o chá terá já terminado. A vida é assim. Se não estamos totalmente no presente, quando olharmos à nossa volta esta terá desaparecido.


Quando pararmos de pensar no que já aconteceu, quando pararmos de nos preocupar com o que poderá nunca vir a acontecer, então estaremos no momento presente. Só então começaremos a experimentar a alegria de viver…”

 

E é isto… esta semana! A viver e a experimentar o desafio que é estar vivo!

Artigo anterior

Dolce & Gabbana estampa pais gays em malas

Próximo artigo

Passatempo Perfectly Matte