Home»ATUALIDADE»ESPECIALISTAS»A importância do aleitamento materno para a saúde oral do bebé

A importância do aleitamento materno para a saúde oral do bebé

Quando o bebé está a mamar, está a exercitar toda a musculatura oro-facial, a qual é responsável pelo crescimento harmonioso da face e dentição. Tanto os músculos como os maxilares serão mais bem desenvolvidos pelo ato de mamar.

Pinterest Google+
PUB

O leite materno é o alimento mais completo para o bebé e, por ser rico em anticorpos, tem uma excelente ação no sistema imunitário da criança, ajudando a proteger de várias doenças enquanto o seu próprio sistema ainda não está completamente desenvolvido.

 

O aleitamento materno é também benéfico para a mãe, por exemplo, por diminuir a probabilidade de cancro da mama ou de depressão pós-parto, entre tantas outras vantagens já bem conhecidas. No entanto, nem todos sabem que a amamentação tem inúmeros benefícios no desenvolvimento da fala, respiração e dentição da criança.

 

VEJA TAMBÉM: AMAMENTAÇÃO: SINAIS DE QUE O BEBÉ JÁ SE ALIMENTOU O SUFICIENTE

 

O exercício da musculatura oro-facial

Quando o bebé está a mamar, está a exercitar toda a musculatura oro-facial, a qual é responsável pelo crescimento harmonioso da face e dentição. Tanto os músculos como os maxilares serão mais bem desenvolvidos pelo ato de mamar, levando desta forma a um melhor alinhamento dentário e menor probabilidade de apinhamentos futuros.

 

Também a fala irá beneficiar pois os músculos serão mais firmes e desenvolvidos, incluindo a própria língua, que tem um papel preponderante na dicção e desenvolvimento maxilar.

 

A nível da respiração há repercussões positivas, uma vez que quando o bebé mama ele “aprende” a respirar pelo nariz e não pela boca. Esta respiração atípica feita pela boca pode levar ao aumento da probabilidade de lesão de cárie, pela diminuição da saliva nos dentes, a um aumento da inflamação gengival e a uma má posição da língua, que leva os maxilares a alterar a sua conformação.

 

Depois da fase de amamentação, é crucial que haja uma alimentação correta e adequada a cada idade da criança para que continue a haver uma estimulação normal do desenvolvimento da estrutura oro-facial. É importante que a dieta da criança não consista apenas em alimentos moles ou passados.

 

Outro cuidado a ter é a limpeza da boca do bebé após a amamentação, que poderá ser com uma gaze humedecida, para que não haja uma acumulação de leite e que a cavidade oral fique sempre limpa após as refeições, mesmo que estas sejam apenas de leite materno.

Artigo anterior

Está a pensar mudar de carreira?

Próximo artigo

Detox do telemóvel: 6 dicas para se livrar deste vício