Home»BEM-ESTAR»NUTRIÇÃO»A força do mel e da canela juntos: facto ou ficção?

A força do mel e da canela juntos: facto ou ficção?

É reconhecido que tanto o mel como a canela são muito potentes individualmente. Mas sabia que, quando combinados, os seus efeitos são ainda mais fortes?

Pinterest Google+

Vários estudos feitos em animais têm demonstrado que o consumo de mel diminui o colesterol ‘mau’ em 6 a 11%, assim como os níveis de triglicerídeos. O mesmo acontece com o consumo de canela: pode reduzir o colesterol numa média de 16 mg / dl e triglicerídeos em 30 mg / dl.

Além disso, ambos os alimentos são ricos em antioxidantes, que têm múltiplos benefícios para o coração, pois melhoram o fluxo sanguíneo para o coração e previnem coágulos sanguíneos, diminuindo o risco de ataque cardíaco e acidente vascular cerebral. A combinação de mel e canela pode ajudar a prevenir doenças cardíacas, porque ambos reduzem a inflamação, uma vez que esta é um fator importante no desenvolvimento destas doenças.

 

Veja também: Combata a depressão de inverno

 

No mesmo artigo, a nutricionista revela ainda que o mel e a canela juntos são ótimos para tratar da pele e de queimaduras, devido às suas propriedades antibacterianas fortes. Está também documentado que o consumo de canela é bom para os diabéticos, pois vários estudos têm demonstrado que esta diminui os níveis de açúcar no sangue em jejum em diabéticos.

 

Se pretender adicionado mel à sua dieta, Becky Bell aconselha o ingrediente como um substituto para o açúcar. Certifique-se de que compra mel não filtrado, uma vez que «a maioria do mel nas prateleiras de supermercado são altamente processados e não têm quaisquer benefícios para a saúde», aconselha.

 

Veja também: Aprenda a identificar os aditivos alimentares

 

Quanto ao uso da canela, é importante estar ciente de que, apesar de todos os benefícios apresentados, a canela contém um composto chamado cumarina, que pode ser tóxico em grandes doses. O teor de cumarina é muito maior na canela Cassia do que na canela do Ceilão.

 

 

Artigo anterior

Maior balão de ar quente do mundo é português

Próximo artigo

Cancro da Mama: conheça os fatores de risco que podem estar associados à doença