Home»BEM-ESTAR»COMPORTAMENTO»A felicidade é efémera? Estudo diz que é possível prolongar este estado

A felicidade é efémera? Estudo diz que é possível prolongar este estado

A felicidade é um conceito vasto e pode significar coisas diferentes para pessoas diferentes. Se é feliz numas férias de luxo, outra pessoa fica feliz ao ver um sorriso no rosto de uma criança. Mesmo tendo significados diferentes, todos gostamos de nos sentir felizes. Sabe que é possível estender este sentimento de prazer por mais tempo? Assim o diz uma equipa de investigadores.

Pinterest Google+

A felicidade é um sentimento de prazer, uma emoção positiva que pode ser alcançada das mais diferentes formas. Umas férias de luxo, um bom filme, um belo jantar ou a alegria de alguém que nos é próximo pode contribuir para o alcance deste sentimento de felicidade. Só que este sentimento costuma ser de curta duração, encerrado naquele período. Porém, é possível aumentar a sua duração através do estabelecimento de um conjunto de estratégias.

 

Um conjunto de investigadores das universidades americanas do Minnesota e do Texas decidiu ‘mergulhar’ neste assunto para tentar entender como é possível alcançar um estado de felicidade ao longo do tempo.

 

Em pesquisas anteriores, foi possível compreender que as pessoas estão mais propensas a ter uma sensação de bem-estar se esta for alcançada através de um conjunto de objetivos gerais que por vezes podem ser mais difíceis de quantificar e alcançar. Mas se este tipo de abordagem pode ser eficaz no estabelecimento de metas de trabalho, para fazer exercício ou na perda de peso, os pesquisadores acreditam que não é tão benéfico quando o nosso objetivo final é alcançar uma emoção positiva, como é o caso da felicidade.

 

VEJA TAMBÉM: PODE O MUNDO SER MAIS FELIZ? ONU DIZ QUE ‘BASTA’ CUMPRIR 17 METAS

 

Durante a investigação, os pesquisadores das universidades do Minnesota e do Texas pediram aos participantes, que foram divididos em três grupos, para descreverem uma compra importante que haviam feito no último mês.  Em seguida, os participantes completaram uma pesquisa com perguntas sobre a quantidade de felicidade inicial obtida com a compra. Duas semanas depois, os participantes receberam um email perguntando o quanto a compra deles estava a contribuir para a felicidade geral deles, e até que ponto estavam cientes disso naquele momento. Seis semanas depois receberam um email com as mesmas perguntas.

 

Os resultados deste estudo mostraram semelhanças nos três grupos no momento inicial, o da compra, mas aqueles que tinham mais objetivos gerais relataram mais felicidade com o passar do tempo. A diferença entre os grupos foi a mais significativa seis semanas depois. «Se as pessoas forem ver um filme com um objetivo único, como é o caso de sentir excitação, elas podem ter menos probabilidade de se lembrarem dos elementos engraçados ou significativos do filme», ​​diz Rohini Ahluwalia, professor de marketing da Universidade de Minnesota e autor deste estudo.

 

VEJA TAMBÉM: FINLÂNDIA É O PAÍS MAIS FELIZ DO MUNDO EM 2018

 

«As pessoas com objetivos gerais, como as que vimos neste estudo, estão preocupadas com uma gama mais vasta de emoções e como tal acabam por se sentir felizes durante um maior período de tempo», conclui o investigador que com o seu estudo compreendeu que a felicidade não é alcançada com a compra de bens materiais, mas se estiver focado em objetivos gerais vai poder tirar uma major felicidade destes mesmos bens.

 

Estas novas descobertas, que mostram que a felicidade pode ser aumentada se mudarmos os nossos padrões de pensamento, serão publicadas na próxima edição do Jornal de Psicologia do Consumidor, dos EUA.

 

O frenetismo característico do dia a dia faz com que, cada vez mais, o ser humano precise de paz e tranquilidade no final de um dia de trabalho. Queremos, por isso, contribuir com algumas dicas para que seja mais fácil encontrar a felicidade e ter uma vida mais positiva. Veja na galleria no início do artigo e inspire-se.

 

 

 

 

Artigo anterior

Evite fazer isto depois de uma discussão

Próximo artigo

Tem sono de manhã? Dez truques para começar a acordar com energia