Home»BEM-ESTAR»NUTRIÇÃO»A dieta dos atletas olímpicos

A dieta dos atletas olímpicos

A revista 'Time' inquiriu dois atletas que se encontram a competir nos Jogos Olímpicos Rio 2016, para saber mais sobre o regime alimentar que faz um atleta de alta competição. As dietas são personalizadas e, como tal, não devem ser seguidas sem a consulta de um especialista na área.

Pinterest Google+

Assistir às provas dos Jogos Olímpicos Rio 2016, que começaram a 5 de agosto e terminam no próximo dia 21, é assistir a proezas incríveis e aparentemente sobre-humanas. E, para isso, é preciso combustível.

 

A alimentação de um atleta é diferente da de uma pessoa comum. Estes são acompanhados por profissionais da nutrição e fazem uma dieta adequada ao seu estilo de vida. Os atletas de alta competição treinam muitas horas e, consequentemente, queimam muitas calorias. Como tal, o corpo precisa de ajuda para ter energia suficiente para suportar os treinos duros que enfrentam.

 

Veja a galeria: Emagreça no verão

 

Segundo Alicia Kending, nutricionista desportiva sénior do Comité Olímpicos dos Estados Unidos que trabalha com a equipa de natação dos EUA, os atletas têm um cuidado acrescido com o corpo. Para os nadadores que treinam para longas distâncias, isso significa comer alguns hidratos de carbono imediatamente depois de sair da piscina para compensar as calorias queimadas. Para sprinters, é muito importante ingerir proteína para reabastecer os músculos que ficam esgotados dos fornecimentos de energia num acelerado, intenso e curto tempo.

 

A revista ‘Time’ pediu aos atletas olímpicos Rower Seth Weril (EUA) e Shalane Flanagn (EUA) que revelassem a sua dieta.

 

Num dia típico da sua vida como atleta olímpico de remo, Seth Weil, 29 anos, acorda pelas seis da manhã, bebe dois copos de 296 ml de café e coloca manteiga de amendoim com doce numa tortilha de farinha.

 

Veja a galeria: Factos comprovados sobre nutrição

 

Começa a treinar às 6:30 e termina às 9 da manhã. Durante e depois do treino, bebe Gatorade e, imediatamente a após a prática, come um bagel com uma fatia de bacon, ovos e queijo, acompanhado de uma salada de fruta: morangos, abacaxis, mirtilos e melão. Neste momento, Seth bebe novamente café.

 

Os seus snack matinais são, por norma, hummus, arandos secos e rosquilhas e bebe cerca de um litro de água. O seu almoço inclui três nacos de carne assada com coentros, limão e água.

Artigo anterior

Proteína vegetal associada a um menor risco de morte

Próximo artigo

O que é a agricultura biológica? Faz sentido?