Home»BEM-ESTAR»CORPO»A celulite e a alimentação: combata este ‘terror’ por dentro

A celulite e a alimentação: combata este ‘terror’ por dentro

Presente em 80% das mulheres ocidentais, a celulite é o terror das mulheres modernas. Siga estes conselhos alimentares e acabe de vez com ela.

Pinterest Google+

A excessiva quantidade de gordura no organismo leva a que surjam deformações no aspeto da pele… irregularidades, “altos e baixos”, – a que damos o nome de celulite, convertendo-se no grande terror das mulheres modernas.

 

A celulite está presente em 80% das mulheres ocidentais (aproximadamente). Cada vez aparece mais cedo, atingindo mesmo as jovens e as adolescentes e até mulheres magras. Apesar de ser um tema muito falado, muitos leitores podem questionar-se: o que é a celulite e como se forma? Será que pode prevenir-se ou até tratar este tipo de problema com a alimentação? E quanto aos hábitos do dia-a-dia, o que é que é preciso fazer? Saiba, já de seguida, as respostas a estas perguntas.

 

O que é a celulite?

A celulite é uma alteração da superfície da pele, que ocorre principalmente nas mulheres, em determinadas regiões, como por exemplo na cintura, no abdómen, nas coxas e nas nádegas, também é caracterizada pelo aspecto de “casca de laranja”.

 

Tem vários nomes científicos como: Lipodistrofia Ginóide, Lipodistrofia Edemato-fibroesclerótica ou Paniculopatia Fibroesclerótica. Lipodistrofia significa gordura com crescimento anormal, Ginóide refere-se à disposição da gordura no sexo feminino (em forma de pêra), Edemato-fibroesclerótica significa inchaço, retração e endurecimento, Paniculopatia é uma doença do tecido adiposo que fica mesmo em baixo da pele. Estes nomes científicos clarificam o que acontece com a celulite, mas são difíceis de se usar na prática.

 

Como se forma?

A celulite é diferente da gordura. Pode dizer-se que no organismo existe dois tipos de gordura: a “normal” e a gordura com celulite. Explicando de outra forma, a celulite é uma alteração do tecido adiposo, principalmente, no sexo feminino.

 

Na mulher, existem fibras finas que estão entre as células de gordura. Estas fibras encontram-se desde o músculo à pele formando vários compartimentos. Quando a mulher engorda, as células do tecido adiposo aumentam de volume; e como estas células estão entre as fibras, elas são empurradas mais para a superfície da pele. Por isso a gordura é mais aparente nas mulheres.

 

Já no sexo masculino isso não acontece, porque o homem possui fibras mais grossas e oblíquas. Quando estes engordam, a gordura é acumulada mais na profundidade, isto é, mais próximo ao músculo. Este é um dos fatores que leva o homem a não apresentar celulite com regularidade.

 

Áreas mais atingidas:
Nádegas
Flancos
Coxas
Parte interna dos joelhos
Parte alta das costas
E em alguns casos o abdómen.

 

Tratamento alimentar

Para além de outros tratamentos associados, deve ser feita uma consulta de nutrição, para que o nutricionista possa adequar um plano alimentar hipocalórico, com o objetivo de emagrecer e eliminar a celulite.

Artigo anterior

Alojamentos criativos para férias garantidamente divertidas

Próximo artigo

10 a 20% dos acidentes rodoviários são consequência de fadiga ao volante