Home»GLAMOUR»BELEZA»A beleza não tem idade: consiga um rosto mais jovem aos 50 anos

A beleza não tem idade: consiga um rosto mais jovem aos 50 anos

É possível atenuar os sinais de envelhecimento e rejuvenescer a face através de procedimentos que atuam de forma imediata ou através de cirurgias com efeito permanente. Toxina botulina, ácido hialurónico ou fios suspensores são algumas das soluções. Mas há mais.

Pinterest Google+

Apesar de haver cada vez mais cuidados e produtos direcionados à pele da face, é inevitável que com a idade comecem a surgir os primeiros sinais de envelhecimento da pele do rosto por ser uma zona do corpo bastante exposta.

 

A partir dos 50 anos a pele da face torna-se mais fina e há uma menor produção de colagénio e elastina, diminuindo a capacidade de renovação celular, o que implica menos elasticidade da pele. As consequências são as indesejáveis rugas, papos e pregas em torno dos olhos e boca e ainda a flacidez no pescoço.

 

Apesar da habitual rotina de cuidado do rosto – limpeza e hidratação – há formas de rejuvenescer a face. É assim possível atenuar e até mesmo eliminar estas consequências que passam por procedimentos que atuam de forma imediata até cirurgias com efeito permanente. A nível de procedimentos temos a toxina botulínica, o ácido hialurónico, a mesoterapia e os fios suspensores; quanto a cirurgias falamos de um facelift ou até de um lipofilling.

 

VEJA TAMBÉM: SIMULAÇÃO 3D: SIMULAR O RESULTADO DE UMA CIRURGIA NO NOSSO PRÓPRIO CORPO

 

Com a toxina botulínica, vulgo botox®, conseguimos um bloqueio seletivo dos músculos que acaba por eliminar as rugas de expressão. O efeito começa a sentir-se até ao sexto dia da aplicação e tem uma duração de cerca de 6 meses. É um tratamento que demora aproximadamente 20 minutos em consultório e não deixa qualquer marca.

 

Em zonas flácidas ou “vazias” utilizamos o ácido hialurónico para dar volume, hidratação e firmeza à pele. É habitualmente utilizado nos lábios, maçãs do rosto e mesmo nas olheiras e é um procedimento simples e eficaz onde não há marcas associadas nem necessidade de cuidados após a sessão. A duração deste preenchimento varia consoante a concentração do ácido hialurónico e pode durar até dois anos

 

Outra opção a que recorremos é a mesoterapia. Trata-se de uma técnica através da qual injetamos um mix de produtos na face – tanto podem ser vitaminas, como fatores de crescimento, aminoácidos ou constituintes essenciais na hidratação da pele – levando a um aspeto mais jovem. É um tratamento realizado em consulta que não deixa marcas e a duração depende do tipo de produto que colocamos.

 

VEJA TAMBÉM: CUIDADOS DE BELEZA PÓS-FÉRIAS PARA RECUPERAR DAS AGRESSÕES DO VERÃO

 

Os fios suspensores são indicados para quem pretende um efeito imediato que eleve a face ao nível do contorno mandibular e pescoço. É realizado em tempo de consulta com anestesia local e dura cerca de 45 minutos, não carecendo de cuidados pós-operatórios. Pode adiar a necessidade de cirurgia e os resultados duram em média um ano.

 

Se o objetivo for um efeito prologado e duradouro do rosto, aconselho então o facelift completo. Nesta cirurgia trabalhamos toda a área da face e pescoço e podemos falar, por exemplo, de um facetift com lift ao pescoço, lipofilling (aplicação de gordura na face) e blefaroplastia superior e inferior (rejuvenescimento das pálpebras).

 

Por se tratar de uma cirurgia numa zona sensível poderá haver algum desconforto no pós-operatório devido ao edema, mas não é esperado que haja dor. De todas as formas é requerido apenas um dia de internamento com uma recuperação de duas semanas. A cicatriz localiza-se à volta da orelha e será praticamente impercetível ao fim de seis meses sendo que para uma cicatrização plena é essencial seguir todos os conselhos de cuidados após a cirurgia.

 

VEJA TAMBÉM: RINOMODELAÇÃO: NARIZ PERFEITO NO TEMPO DE UMA CONSULTA

 

Por fim, e já mencionado levemente na cirurgia anterior, surge o conceito de lipofilling. É uma técnica em que utilizamos gordura do nosso próprio organismo de uma zona em que a tenhamos em excesso e que, após ser tratada, será recolocada numa outra área em que queiramos ter volume. Tem a mais-valia de a rejeição ser praticamente nula já que é gordura retirada do nosso corpo. Pode então ser aplicada na face dando-lhe um efeito de preenchimento natural e pode ser a única cirurgia realizada ou ser um complemento do facelift. É realizado no bloco operatório e poderá ficar com alguns edemas inicias que, com os cuidados pós-operatórios certos, irão desvanecer-se.

 

De uma forma geral há vários tratamentos que nos permitem alcançar um rosto rejuvenescido e, para cada objetivo, poderá haver diversos “caminhos”. O meu conselho é que vá ter com um profissional de saúde devidamente certificado e exponha o seu caso para saber quais são as suas opções.

 

Artigo anterior

Um terço dos caloiros relata transtornos mentais

Próximo artigo

Cadeia de hotéis altera ementa e lança menus de pescado sustentável em Portugal