Home»GLAMOUR»CELEBRIDADES»007 obrigado a cortar metade das cenas românticas na Índia

007 obrigado a cortar metade das cenas românticas na Índia

O filme do famoso espião James Bond foi obrigado a cortar algumas cenas românticas para garantir que o filme era aprovado na Índia.

Pinterest Google+
PUB

O mais recente filme do 007, ‘Specter’, será lançado sexta-feira na Índia, com vários cortes nas cenas românticas protagonizadas por Daniel Craig, Monica Belluci e Lea Seydoux, após serem duramente criticadas por serem consideradas cenas impróprias para o público, noticiou a Reuteurs.

 

De acordo com fonte próxima do conselho de censura indiano, «o comité encarregue de certificar o filme deliberou que algumas das cenas de beijos eram demasiado prolongadas».

 

Segundo esta mesma fonte, os representantes deste conselho solicitaram à empresa cinematográfica Sony Pictures que cortasse as cenas de beijos em cerca de 50 por cento.

 

Desta forma, só restavam duas opções à famosa equipa do espião internacionalmente conhecido: ou aceitava os cortes e o filme era exibido sem quaisquer restrições ou teria que solicitar um certificado A [certificado indicando que o filme é somente para adultos], o que iria resultar numa diminuição do alcance e da exposição que o filme poderia ter.

 

O conselho de censura, dirigido por Pahlaj Nihalani, produtor de Bollywood, é controlado por um governo nacionalista indiano que, além deste, tem desaprovado inúmeros filmes com cenas explícitas de sexo.

 

A decisão tomada por este comité tem sido duramente criticada nos órgãos de comunicação social de todo o mundo, que os acusa de reprimir a liberdade de expressão através do conservadorismo do governo indiano.

 

Segundo a lei deste país, os filmes certificados com um A impedem a exibição na Televisão nacional.

 

Já anteriormente, o Comité de Censura Indiano impediu o lançamento das ’50 sombras de Grey’, que mesmo após serem cortadas todas as cenas de sexo, reafirmou a sua decisão afirmando que a linguagem no filme não havia sido adequada.

 

Artigo anterior

Gwyneth Paltrow abre loja em Nova Iorque

Próximo artigo

Amamentação: benefícios para a mãe e para o bebé